24 Comentários

Pode até ser lugar comum esse lance de olhar pra trás e analisar tudo o que foi feito no ano que está prestes a ir embora. Pra mim, a tradição é uma forma de manter meu foco. De computar tudo de bom que foi feito e de olhar pra frente com novas ideias. É neste astral que eu apresento a Retrospectiva 2018 e as melhores viagens do Turista FullTime.

Vem conferir quantos lugares de sonhos eu tirei da minha Wish-list em 2018 e que, de repente, ainda podem estar na sua. Quem sabe eles não entram nos seus projetos para 2019?!

Créditos da foto: Pixabay

Retrospectiva 2018

Normalmente, eu gosto de apresentar a minha Retrospectiva mês a mês. Assim, vou descrevendo o que fiz ao longo do ano.

Contudo, agora que voltei a morar no Brasil, nem todo mês eu tenho a chance de viajar. Assim, vou enumerar meus destinos na ordem em que foram visitados.

Holanda, sempre um bom lugar para voltar

Pode até parecer piegas, mas eu tenho este caso de amor eterno com a Holanda. De modo que, inevitavelmene, toda Eurotrip começa por lá.

Keukenhof – 2017

Entretanto, o mês de janeiro foi diferente: eu fui pra ficar por lá e aproveitar o inverno, reencontrar minhas amigas e curtir o meu filhão.

Não visitei nada de novo, mas a sensação de estar “em casa” já fez da viagem um acontecimento memorável.

Sem contar a friaca, que nesta época é algo impossível de se encontrar na Cidade Maravilhosa.

Durante os 20 dias que passei por lá, matei muitas saudades: das minhas cidades do coração, Groningen e Haia, do stroopwafel quentinho preparado na hora, de passear por Delft, de visitar a Menina do Brinco de Pérola no maravilhoso Mauritshuis… entre tantas outras delícias.

Voltei pra casa repaginada e pronta para um ano de trabalho intenso.

Páscoa na Serra Gaúcha

Depois de 18 longos anos, consegui voltar à Serra Gaúcha. A novidade foi constatar que Gramado se desenvolveu turisticamente, sem perder o charme de uma cidade pequena.

Durante minha estadia de uma semana, tive a chance de fazer um bate e volta a Bento Gonçalves e visitar a Vinícola Miolo e a Casa Valduga.

Além disso, pude conferir vários pontos turísticos que não existiam da última vez que eu havia estado em Gramado e Canela:

– um museu de carros antigos;

– um parque temático de esqui indoor;

– uma garagem cheia de carros velozes e furiosos.

Assim como tantas outras opções que fazem da Serra Gaúcha um destino de sonhos no Sul do Brasil.

Eurotrip 2018

Passei um período entre maio e junho percorrendo três países da Europa: Holanda, Portugal e Espanha. Apesar de nenhum dos três ser novidade, consegui conhecer bastante coisa diferente.

Holanda

Na Terra dos Tamancos, desta vez tive a chance de visitar vários museus em Roterdã. O mais impactante de todos foi, sem dúvida, o Kunsthal, com suas esculturas humanas de uma similaridade impressionante.

Além disso, passei um dia maravilhoso no emblemático vilarejo de Zaanse Schans, em um bate e volta feito a partir de Amsterdã.

Naturalmente que Amsterdã é aquela cidade que a gente bate o ponto em qualquer passagem pela Holanda.

Entretanto, ainda assim foi novidade, pois eu nunca havia conseguido visitar o gigantesco painel de Eduardo Kobra, do outro lado do Ijs.

E, por fim, matei um pouco da saudade da bela Haia, que chamei de lar nos meus últimos anos de Holanda. Sempre encantadora. Sempre pedindo um bis!

Portugal

Na Terra dos Pastéis de Nata e do Bacalhau, fiz uma verdadeira imersão gastronômica! Quantas delícias em um só lugar. Um dos meus locais prediletos, por consequência, acabou sendo o di-vi-no Mercado da Ribeira no Cais do Sodré.

Consegui visitar muitas coisas interessantes nas imediações de Lisboa. Em Sintra, o surpreendente Castelo dos Mouros e o belíssimo Palácio da Pena.

Em Cascais, pude aproveitar um dia de sol e conhecer as agradáveis praias que são a opção mais próxima para quem quer curtir um balneário elegante a partir da capital portuguesa.

Finalmente, em Lisboa, pude revisitar vários pontos turísticos e conhecer o Castelo de São Jorge, que há muito tempo desejava visitar.

Espanha

Na Terra das Tapas e das Sangrias, fiz o basicão: montei meu acampamento por alguns dias na inesgotável Barcelona.

Foi incrível constatar que numa sexta estadia, ainda havia tantas atrações pendentes na minha eterna lista catalã de desejos! Porém, consegui ticar alguns.

Fiquei feliz da vida, também, em conseguir visitar as Cavas Freixenet em Saint Sadurni d’Anoia. Foi um bate e volta super gostoso e tranquilo, que já contei em outro post aqui do blog.

Depois de 28 dias de muito pinga-pinga, por várias cidades e vários hotéis (foram sete, no total!), voltar pra casa e dormir na minha caminha foi tudo de bom. Nada como revigorar as forças para novas aventuras!

Verão no lado Oeste da Flórida

Um roteiro que já habitava meu imaginário há muito tempo era o Oeste da Flórida. De tanto ouvir falar da beleza e da infraestrutura das praias americanas, eu tinha muita curiosidade em visitá-las. Afinal, muitos amigos cariocas da gema enfatizavam que as praias de lá são ótimas, de maneira que eu tinha que conferir.

De fato, a infra é excelente. Porém, em termos de praia, as nossas ganham de longe!

Ainda assim, foi uma viagem bem gostosa. Principalmente, porque meu filho mais novo faz universidade na Flórida. Então, rever o pimpolho foi tudo de bom.

Entre uma lambida e outra na cria, fiz um monte de viagens de bate e volta e consegui conhecer Naples, Sarasota e as ilhas de Sanibel e Captiva.

Também dei uma fugida e passei dois dias entre Clearwater e St. Petersburg.

Foram duas semanas muito bem aproveitadas, sob o sol escaldante (e inclemente!) do mês de setembro.

Único revés da viagem: houve um episódio de maré vermelha, o que impediu a entrada na água do mar em várias ocasiões.

Que pena! Quando pude entrar, conferi que são quentinhas e limpas…☹

ERBBV em Curitiba

O Encontro da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem na capital paranaense foi tudo de bom! Além da incontestável oportunidade de aprendizado e a troca de experiências com muita gente competente, a variedade de passeios e eventos foi altamente enriquecedora.

Pude conhecer vários pontos turísticos locais e fazer um bate e volta a Morretes, a bordo de um trem com muita tradição e história. Assunto para um post mais completo.

Também tive a chance de matar um pouco das saudades da Holanda, ao visitar o Parque Histórico de Carambeí e Castrolanda, duas colônias de imigrantes a cerca de 170km de Curitiba.

Pena que faltou percorrer a Rota Cervejeira a partir de Curitiba, um bom motivo para retornar ao Paraná.

Vale dos Vinhedos

A última viagem do ano, fechou 2018 em grande estilo. Aproveitei os feriados de 15 e 20 de Novembro para percorrer as rotas enoturísticas e gastronômicas da Serra Gaúcha, com foco nos municípios de Bento Gonçalves e Garibaldi.

Foram dias de puro deleite! Entre tours e degustações, conheci as vinícolas Salton, Chandon e Casa de Pedra.

Participei de um mini curso de degustação na Vínicola Miolo e pude curtir com mais calma e tempo uma visita guiada à Casa Valduga.

Percorri, também, os Caminhos de Pedra, parando inúmeras vezes para aproveitar das variadas delícias.

Fiz, ainda, o passeio de Maria Fumaça entre Bento Gonçalves e Carlos Barbosa.

E, por último, hospedei-me no Spa do Vinho, cujas instalações (e mordomias!) há muito desejava conferir.

Rio de Janeiro: eu de férias o ano inteiro

Blogueiro trabalha muito e muitas horas. Mas, eu costumo brincar que blogueiro de viagens trabalha se divertindo e se diverte trabalhando.

Imagine, então, se a criatura mora em um lugar onde as pessoas pagam (às vezes, bem caro!) pra passar suas férias?!

Fim de tarde de verão na Barra da Tijuca.

Daí que o ano inteiro, eu consigo aproveitar a Cidade Maravilhosa. Ainda que passear nem esteja nos meus planos.

Uma ida a Copacabana ou a Ipanema para resolver alguma pendência, por exemplo, é a deixa para desfrutar de bons momentos em uma orla que é linda por si só.

Um hóspede num feriado, é a chance pra revisitar pontos emblemáticos da cidade. Assim, perdi as contas de quantas vezes eu estive no Museu do Amanhã, só este ano. Ainda bem que residente no município paga meia. Do contrário, eu iria à falência… Hahaha!

Mas é bem por aí: a Retrospectiva de 2018, para quem tem rodinhas nos pés como eu, é mais uma oportunidade para compilar o que falta na lista infinita dessa viajante inveterada.

Afinal, a melhor viagem é a que ainda está por vir! E lá vou eu: que venham muitos destinos de sonhos em 2019, 2020, 2021 e até onde eu puder contar…

Blogagem Coletiva

Este post faz parte da Blogagem Coletiva “Retrospectiva de Viagens 2018”, em que vários blogueiros de viagens se reuniram para contar suas andanças pelo mundo durante este último ano.

Fica aqui o convite pra você acompanhar o trabalho dessa turma bacana, cuja maior alegria da vida é viajar e depois contar pra gente como foi!

Confira aqui a lista de blogs e autores que participaram desta ação coletiva:

A acomodação perfeita para a sua viagem, você encontra aqui:

Compre seus ingressos em Português e sem complicação!

24 thoughts on “Retrospectiva 2018 e as melhores viagens do Turista FullTime”

  1. O ano foi bem movimentado e pelo que percebi cheio de emoções. Voltar à Holanda está em meus planos espero que não demore muito.

  2. Oi Regina! Que post, você viajou bastante em 2018, hei! Que delicia ter toda essa sua experiencia conhecer lugares que são diferentes do nosso Brasil! que 2019 seja maravilhoso e com mais destinos para você! um beijo grande 😘

    1. Oi, Diego! Que legal, vá mesmo: são dois países maravilhosos! Em setembro, farei a Andaluzia. E, claro, darei uma passarinhas pela Holanda… não me canso! Estou muito ansiosa por essa parte da Espanha, que ainda não conheço. Abraço e ótimas viagens em 2019 pra você!

  3. É sempre bom voltar aos mesmos destinos, em especial os que a gente cria laços. Eu morei um ano na Holanda e agora estou de volta no Brasil. Sou apaixonada pelo país dos moinhos e entendo o seu amor. Este ano já estou planejando passar as férias escolares lá em julho e dezembro 🙂 Por mais viagens memoráveis em 2019. Feliz Ano Novo 🙂

    1. Querida Josiane, nem me fale… a Holanda tem essa magia, que cria um amor infinito e um desejo enorme de voltar. Também lhe entendo perfeitamente. Voltei para o Brasil em dezembro de 2016 e sempre que dá, passo umas semanas por lá. Muito amor envolvido, né? Um beijao e ótimo 2019 pra você…

  4. Isso é que foi um ano bem preenchido. Também vi aquela exposição na Holanda, e achei um trabalho impressionante. Não menos importante, feliz que gostou do meu Portugal rsrsrsviagens. Que 2019 seja ainda melhor em todos os aspetos! Grande abraço e boas viagens.

    1. Oi, Filipe! Muito obrigada pela leitura. Eu amei voltar a Portugal, pois não ia há muitos anos. Que terra boa, sempre com algo novo a ser descoberto. Feliz de você, que pode aproveitar bastante. Desejo-lhe, também, um 2019 cheio de check-ins 🙂 🙂 ! Grande abraço!

  5. Oi Regina, aproveitou bastante 2018, adorei sua retrospectiva e os destinos que visitou, e adorei te encontrar na ERBBV em Curitiba. Um 2019 cheio de saúde, sucesso no blog e viagens lindas! Bjs

    1. Oi, Angelica!!! Também adorei desvirtualizar e te encontrar na ERBBV. Muito feliz de você ter participado de um dos meus destinos. Um grande beijo e um 2019 cheio de viagens pra você!

  6. Oi, Regina, quantos destinos incríveis visitados, 2018 foi bem generoso com você, espero que 2019 também seja.
    Voltar à Holanda e rever seu “lar” deve ter sido maravilhoso e “lamber as crias” em destinos tão distantes é bem oportuno para uma blogueira, não acha?
    Brincadeiras à parte, gostaria de te dizer que amei te conhecer pessoalmente em Curitiba e tenho certeza de que foi a confirmação de uma grande amizade para o resto de nossas vidas.
    Que venham outras oportunidades para nos reencontrarmos, querida.
    Grande beijo, amiga.

    1. Gi, sua linda… uma das grandes expectativas que eu tinha quanto ao encontro em Curitiba era, finalmente, poder ver ao vivo pessoas que eu já conhecia de outros tempos. Acho que no seu caso, de outras vidas! Foi como reencontrar uma amiga de longa data. E que alegria que a oportunidade só confirmou e aumentou a enorme estima que eu já tinha por você.
      Também lhe desejo um ano pleno, atribulado (no bom sentido!), totalmente preenchido, vivido, aproveitado! Tomara que eu possa fazer parte de alguns desses momentos incríveis!
      Que venham muitos destinos de sonhos, afinal, merecemos! Hehehe… a vida nos brindou com o que há de melhor: alegria e vivacidade pra aproveitar tudo de bom que ela nos oferece.
      Um beijão do tamanho do mundo!

  7. Gente, que lugares maravilhosos. GRamado é linda demais. Quero voltar logo, logo. E a Espanha é um destino da minha lista kkk; Feliz 2019…. E muitas viagens na bagagem neste próximo ano…

    1. Oi, Daniela! Muito obrigada… também desejo destinos maravilhosos pra você. Afinal, os melhores votos de Ano Novo pra blogueiros é contar milhas e horas de voo.. hehehe! E aguarde: 2019 vai ter mais Espanha aqui no blog! Beijão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: