Sem Comentários

O Parque da Ferradura em Canela (RS) é uma atração perfeita se para desfrutar da bela Serra Gaúcha, já que suas trilhas e mirantes oferecem um espetáculo encantador.

Eu sempre digo que sou apaixonada pela Serra Gaúcha e que não me canso de visitar este destino.

A região reúne tudo o que eu adoro: ótima gastronomia, bons vinhos, clima ameno e, principalmente, uma natureza exuberante.

O Parque da Ferradura é um daqueles atrativos que merecem um repeteco. Afinal, a cada visita e de acordo com cada época do ano, ele proporcionará um espetáculo diferente. Não é à toa que ele faz parte do circuito ecoturístico da região.

Seu nome originou-se a partir do formato que a curvatura do rio Santa Cruz apresenta neste local.

Composto de uma floresta de araucárias, oferece aos visitantes 4 opções de trilhas – com níveis diferenciados de dificuldade – que levam a cascatas, matas e cachoeiras.

Existem, também, 3 mirantes de fácil acesso e de onde se tem uma vista panorâmica para o vale.

Mirante da Cascata do Arroio Caçador.

Infraestrutura do Parque da Ferradura

O parque conta com uma área de 200 hectares muito bem conservados e uma estrutura preparada para receber bem os turistas.

Na área principal do parque, encontra-se a Lancheria Quati, onde você pode fazer pequenos lanches e até uma refeição completa.

Uma questão interessante é que eu esperava avistar muitos quatis por ali, por conta do nome da lanchonete. Entretanto, não vi nenhum.

Talvez seja pelo fato de o parque estar vazio no momento da nossa visita. Esses bichinhos não são nada bobos e são atraídos pela comida que podem surrupiar dos mais desavisados.

Porém, a Júlia Sampaio, autora do blog Fora da Toca e minha companheira nesta viagem, tem um post contando sobre sua experiência em outra viagem com os ligeiros habitantes do parque.

O Parque da Ferradura também oferece um playground para as crianças e 8 churrasqueiras que podem usadas pelos visitantes.

Para quem chega com carro próprio ou alugado, há um estacionamento.

Como chegar ao Parque da Ferradura?

Várias empresas de receptivo em Gramado e Canela oferecem pacotes para as atrações da região. De maneira que você pode consultar uma delas para organizar sua visita ao parque.

A Brocker Turismo, uma das líderes da região e parceira do projeto Mulheres Mundo Afora durante esta viagem, é uma das opções confiáveis para este e outros passeios.

O Parque da Ferradura está localizado a 13 quilômetros do centro de Canela e não faz parte do itinerário do Bustour, o ônibus turístico que atende às principais atrações de Gramado e Canela.

De modo que, para acessar o parque, o ideal é que você esteja de carro. Ainda mais porque é possível conciliar esta visita com outros atrativos da região, como o Parque dos Paredões, o Parque do Caracol ou o Bondinhos Aéreos.

Aqui faz-se necessária uma ressalva: para chegar ao Parque da Ferradura de carro, você deve seguir pela Estrada do Caracol. A mesma que dá acesso ao Parque do Caracol (daí o nome).

Contudo, após o Parque do Caracol, o percurso de seis quilômetros que separa os dois parques é todo de terra batida.

Assim, é de se esperar que o trajeto tenha muitos desníveis e solavancos. Talvez o grande motivo pelo qual os ônibus do estilo hop-on hop-off não cheguem até lá.

Bem, mas sempre há a possibilidade de você pedir um táxi ou carro de aplicativo. Neste caso, o mais seguro é já marcar com o motorista um horário para seu regresso, pois o parque não conta com Wi-Fi e o sinal de telefonia celular é inexistente.

Quanto tempo reservar para o Parque da Ferradura?

Estimar o tempo de permanência em uma atração turística é algo muito complicado, já que cada pessoa tem o seu ritmo e a sua forma de aproveitar cada atrativo.

Porém, para apreciar com tranquilidade o parque, eu diria que você pode reservar pelo menos 2 horas.

Infelizmente, eu não pude explorar o parque como eu gostaria, pois estava com um grupo e havíamos planejado mais duas atrações para o mesmo dia.

Honestamente, não foi o ideal. Eu já conhecia todas as atrações e, mesmo assim, achei uma pena o (pouco) tempo reservado a cada uma.

Se você for do tipo mais esportivo e quiser fazer a trilha mais longa e mais desafiadora, precisará de três horas (no mínimo) só para percorrê-la.

Informações práticas

Endereço

O Parque da Ferradura está localizado no quilômetro 6 da RS466, mais conhecida como Estrada do Caracol. Siga as placas indicativas que não tem o que errar.

Horário de funcionamento

O parque está aberto todos os dias, sempre de 09:00 às 18:00. Porém, é sempre bom confirmar os horários de funcionamento por telefone, uma vez que eles podem variar em função do clima da Serra Gaúcha e da época do ano.

Ingressos

Os ingressos podem ser adquiridos diretamente na entrada do parque. O valor integral é de R$12,00 (agosto de 2019), com 50% de desconto para crianças até seis anos.

Contato

Maiores informações podem ser adquiridas através do telefone (54) 3278-9000.

Parque da Ferradura: dicas práticas

Como toda e qualquer atração que envolva Ecoturismo, o ideal é sempre usar um calçado apropriado para qualquer tipo de terreno: com desnível, com pedras, escorregadio etc. De modo que o mais indicado é um calçado fechado e, de preferência, de cano alto.

Além disso, durante o verão (de dezembro a março), o uso de repelente e protetor solar é quase que obrigatório.

Se você for fazer a Trilha do Rio Caí (a principal do parque, mas também a mais longa e cansativa) não se esqueça de levar uma garrafinha de água.

O percurso de 350 metros até a base do rio costuma levar uma hora para descer e duas horas para subir. Portanto, é preciso um bom preparo físico e um mínimo de planejamento para garantir a sua segurança.

Eu voltei frustradíssima porque, pela segunda vez, fui ao Parque da Ferradura e não consegui percorrê-la, mas dizem que o visual é incrível por todo o percurso. Continua na minha wishlist!

Agradecimentos

A visita ao Parque da Ferradura fez parte do roteiro da primeira viagem do projeto Mulheres Mundo Afora, em que blogueiras de diferentes idades e estilos de vida se reúnem para conhecer um determinado destino.

O projeto contou com o apoio da Secretaria de Turismo de Canela, do nosso parceiro comercial Passagens Promo e de empresários da região da Serra Gaúcha.

Importante ressaltar que, apesar da cortesia, todas as impressões e opiniões expressam, genuinamente, a minha experiência.

Outros olhares

Confira, também, as impressões das outras blogueiras que participaram desta experiência:

Olívia Souza Cruz – Olívia Garimpando Por Aí (idealizadora do projeto)

Julia Sampaio – Fora da Toca

Denise Barreto – Chicas Lokas na Estrada

Daniela Cascardo – Viajando com Daniela Cascardo

Ana Morize – Viagens Bacanas

A acomodação perfeita para a sua viagem, você encontra aqui:

Compre seus ingressos em Português e sem complicação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: