VIAGEM REALIZADA ANTES DO INÍCIO DA PANDEMIA DE CORONAVÍRUS.

O que fazer em Canela, na Serra Gaúcha? Quais as melhores atrações e os pontos turísticos imperdíveis? A vizinha de Gramado é uma cidade surpreendente e cheia de opções para todas as idades, gostos e bolsos.

 

É turisticamente impossível falar de Canela sem associá-la à sua ilustre vizinha Gramado. Afinal, grande parte dos visitantes quando relata sua ida à região da Serra Gaúcha, costuma dizer que  “esteve em Gramado”.

Entretanto, uma gama considerável de atrações, especialmente as relacionadas ao Ecoturismo, estão localizadas em Canela.

 

 

De modo que grande parte da sua “estadia em Gramado” vai ser, provavelmente, passada no município vizinho.

Canela está localizada a cerca de 7 quilômetros de Gramado e é conectada ao município vizinho por meio da Avenida das Hortênsias.

Para falar a verdade, não fosse pelo pórtico que separa as duas cidades, nem daria para saber onde termina uma e começa a outra.

Ainda assim, elas têm as suas particularidades e diferenças marcantes.

Se eu tivesse que fazer uma rápida comparação entre as duas, eu diria que Gramado tem, certamente, um centrinho mais arrumado, arquitetonicamente mais harmonioso e com maior oferta gastronômica e de hotelaria.

Por outro lado, Canela mantém aquela atmosfera pacata e agradável, muito mais tranquila e que parece não se alterar mediante a invasão – muitas vezes, descontrolada – de turistas.

Eu já estive diversas vezes em Gramado e Canela – no auge das altas temporadas de inverno, no Natal e na Páscoa.

Assim, posso dizer, sem sombra de dúvida, que Canela é muito mais sossegada e relaxante, seja em termos de atrações turísticas ou em termos de hospedagem.

 

O que fazer em Canela?

 

Encontrar o que fazer em Canela não será uma tarefa difícil. Pelo contrário: a complicação será aproveitar tudo o que ela oferece.

Principalmente, ser você tiver pouco tempo na Serra Gaúcha, ou tiver feito a opção de dedicar apenas um dia a ela.

Tendo como cenário bosques de araucárias, vales e diversas cascatas, a força de Canela vem, de fato, de suas belezas naturais.

 

 

Portanto, seus parques não podem ficar de fora de um roteiro de viagem completo.

Além disso, Canela também oferece uma boa variedade de opções gastronômicas e culturais, incluindo museus de grande importância e prestígio.

De modo que aqui vai uma compilação das atrações mais emblemáticas da cidade, para você programar a sua visita.

E se você quiser informações completas sobre elas, basta clicar nas que são do seu interesse pois, para muitas delas, haverá um post específico aqui no blog, com todas as informações necessárias para você aproveitar ao máximo a sua estadia na região.

  1. Catedral de Pedra
  2. Cascata do Caracol
  3. Parque Estadual do Caracol
  4. Parque da Ferradura
  5. Bondinhos Aéreos Parques da Serra
  6. Castelinho Caracol
  7. Mundo a Vapor
  8. Museu da Moda
  9. Museu dos Beatles
  10. Alpen Park
  11. Parque Vale dos Dinossauros
  12. Parque Terra Mágica Florybal
  13. Mundo Gelado do Capitão Jack
  14. Vitivinícola Jolimont

 

Roteiro de 1 dia em Canela

 

É muito comum que turistas de todas as partes do Brasil aproveitem um feriado prolongado para conhecer a Serra Gaúcha.

De modo que, quando isso acontece, o mais normal é que as pessoas privilegiem Gramado, deixando pouco tempo para explorar Canela.

Se este for o seu caso, há uma programação mínima, que pode ser facilmente concluída visitando-se atrações que fiquem numa sequência.

Uma boa ideia é sair em direção a Canela pela Avenida das Hortênsias (que depois do pórtico de Canela vira Av. Don Luiz Guarnela) e já aproveitar para visitar o Mundo a Vapor.

 

 

Como ele não precisa de reserva, pode ser uma boa atração para o início do seu roteiro. Reserve, pelo menos uma hora para a atividade.

De lá, você pode parar no centro de Canela, visitar as principais atrações e, depois, usar o período da tarde para visitar um dos parques naturais.

Uma das excelentes opções é o Parque Estadual do Caracol, para contemplar a Cascata do Caracol.

Alternativamente, ou mesmo para complementar a sua experiência, você pode visitar o Bondinhos Aéreos Parques da Serra.

 

 

E, se quiser colocar um pouco de adrenalina no seu dia, você pode experimentar o “voo rasante” da Tirolesa Eagle, uma nova atração do parque.

Na volta para Gramado, uma parada “obrigatória” é o Castelinho Caracol para a melhor torta de maçã acompanhada de um chocolate quente da sua vida!

 

 

O que fazer no centro de Canela?

 

O centro de Canela pode não ter tantas atrações quanto o centro de Gramado, mas abriga a Igreja Matriz de Nossa Senhora de Lourdes, também conhecida como “Catedral de Pedra”, devido à sua fachada em pedra basáltica.

Apesar de não ser, propriamente, uma catedral, a bela construção em estilo gótico possui 65 metros de altura e um carrilhão com 12 sinos de bronze.

Em 2010, após ser eleita uma das maravilhas do Brasil pelo portal de notícias Terra, ela recebeu um sistema de iluminação externa e todas as noites, sempre às 20:00, 21:00 e 22:00, sua fachada é ricamente iluminada, proporcionando um belo espetáculo.

 

 

Entretanto, mesmo que você faça uma visita diurna, a bela igreja não irá lhe decepcionar,pois tanto o seu exterior quanto o interior são muito bonitos.

A Catedral de Pedra fica na praça principal da cidade. Então, você pode estacionar o carro na Rua Felisberto Soares e explorar o centro todo a pé.

Nesta mesma rua, localiza-se a Estação Campos de Canella, um centro de gastronomia e entretenimento, inaugurado em janeiro de 2020.

O espaço, ambientado na revitalizada antiga estação de trem de Canela é uma graça e rende lindas fotos, graças à charmosa locomotiva “estacionada” na entrada do complexo.

Entre as duas atrações, você passará pela Praça João Correia, onde há um letreiro com o nome da cidade. Impossível não se render a uma foto! Ainda mais se você estiver em grupo!

 

O que fazer em Canela com crianças?

 

Se Gramado é um destino perfeito para casais, Canela é o point da criançada, pois existem vários parques para entreter todas as idades.

Aliás, para quem viaja em família, Gramado e Canela são um destino muito legal, seja qual for a época do ano.

Canela possui três parques temáticos bem interessantes para o entretenimento em família: o Parque Terra Mágica Florybal, o Parque Vale dos Dinossauros e o Alpen Park. Eles são uma ótima pedida para um belo dia de sol.

Por outro lado, se o tempo fechar, você pode optar pelo Mundo a Vapor, que é uma graça! As crianças de todas as idades vão se encantar com as miniaturas de fábricas e meios de transporte que funcionam de verdade!

Lojas de chocolate super enfeitadas também não podem faltar no roteiro. A loja temática da Florybal Casa de Chocolate da Bruxa do João e Maria é uma delas!

 

Como chegar a Canela?

 

Para efeitos de localização, Canela fica a cerca de 107 quilômetros de Porto Alegre. Como eu moro no Rio de Janeiro , a melhor opção foi aérea.

Apesar de o aeroporto de Caxias do Sul ser o mais próximo de Gramado e Canela, o aeroporto internacional Salgado Filho, localizado na capital, acaba sendo uma opção mais viável para quem chega de outras regiões do Brasil. Isto porque ele recebe voos diretos das principais companhias brasileiras, que saem de diferentes capitais.

Consequentemente, acaba sendo uma alternativa mais viável, por conta da facilidade de acesso e das tarifas mais competitivas, devido à concorrência entre as companhias.

Entretanto, a opção por Porto Alegre exige o deslocamento mais longo até a região da Serra Gaúcha e aí você terá que optar pela que melhor lhe atenda.

 

Como chegar do Aeroporto Salgado Filho a Canela?

 

O percurso de Porto Alegre a Canela não é longo, mas pode ser moroso dependendo das condições de tráfego e do meio que você escolha para chegar até lá.

De modo que, qualquer que seja a sua escolha, calcule (pelo menos)  duas horas de deslocamento a fim de evitar problemas com alguma programação que você já tenha feito.

Importante ressaltar que na volta para o aeroporto, convém você reservar um tempo ainda maior, já que congestionamentos na entrada de Porto Alegre são comuns.

As agências da Serra Gaúcha costumam aconselhar que os turistas saiam da região com destino ao aeroporto com 4 horas de antecedência para o voo a fim de evitar atrasos para o embarque.

 

De carro

 

Antes de subir a serra, escolha a rota pelo Waze ou pelo Google Maps. Eu optei pela BR-116 sentido Canoas, até chegar a Novo Hamburgo e, de lá, peguei a RS-239 com destino à Taquara.

Finalmente, peguei o último trecho de estrada pela RS-115 até Gramado. O percurso todo foi bem simples e fácil.

Além disso, no caminho, ainda parei no Madero do Shopping Alles Blau pra devorar um belo de um hamburgão.

E, de quebra, ainda conhecer uma igrejinha muito fofa!

 

 

Agora, se você quiser uma rota mais bonita, você pode optar pela Rota Romântica. Ela é mais morosa, mais cheia de curvas, mas você terá um espetáculo de natureza exuberante.

Neste caso, indo sentido Gramado e Canela pela BR-116, você vai pegar a saída para Nova Petrópolis e, então, prossegui pela BR-235 até Gramado (que você já sabe que é grudadinho em Canela!).

 

Com transporte público

 

Chegar a Gramado de ônibus, a partir do aeroporto Salgado Filho, também não é complicado, pois não é preciso ir até a rodoviária de Porto Alegre.

Os ônibus da empresa Citral passam pelo aeroporto Salgado Filho cerca de 15 minutos após deixar o terminal rodoviário.

Você pode consultar os horários de saídas dos ônibus pelo site da companhia ou entrar em contato com eles para programar o seu deslocamento.

A parada final dos ônibus é na Rodoviária de Canela, localizada no centro da cidade.

Uma vez na rodoviária de Gramado, você pode pegar um Uber ou um táxi até o seu hotel.

 

Com transfer de agência turística

 

Normalmente, eu alugo um carro para percorrer a Serra Gaúcha e já saio do aeroporto com ele, devolvendo pouco antes de voltar para casa.

Contudo, já experimentei o sistema de transfer duas vezes e achei uma ótima opção. Especialmente, para quem viaja sozinho ou não gosta de dirigir.

Há várias empresas que oferecem o serviço, mas eu só experimentei duas delas: a Vento Sul e a Brocker Turismo. Ambas, confiáveis e com preços bem razoáveis.

 

Com táxi ou Uber

 

Sem dúvida alguma, o surgimento dos aplicativos revolucionou a forma como as pessoas se deslocam e, com isso, pode ser uma alternativa viável negociar com um motorista de táxi do aeroporto ou solicitar um carro pelo aplicativo.

Principalmente, se você puder dividir o valor da corrida com outras pessoas. Apenas como referência, uma corrida entre o aeroporto Salgado Filho e o centro de Canela na categoria mais básica gira em torno de 250 reais (fora da tarifa dinâmica – valores de 2020).

 

Quando ir a Canela?

 

Há muitos anos que a Serra Gaúcha deixou de ser um destino de “inverno” e, hoje em dia, tanto Gramado quanto Canela oferecem atrativos o ano inteiro.

Claro que o Natal Luz é um grande chamariz, mas é também nesta época que a região fica lotada e que os preços dos hotéis vão às alturas.

O mesmo acontece com o mês de julho que, para piorar, ainda coincide com as férias escolares. Entretanto, se você gosta de frio, junho e agosto podem ser alternativas mais baratas.

Por outro lado, se você quer temperaturas mais amenas, fuja dos meses de inverno e vá na Primavera e Verão, época da floração das hortênsias.

As enormes flores azuis, rosas, brancas e lilases espalhadas por todo lado dão um colorido todo especial à região. Fica tudo lindo demais!

 

 

Se você quiser aproveitar Gramado e Canela fora da muvuca e com preços mais camaradas, dê preferência aos meses de fevereiro a maio e agosto e setembro.

Entretanto, se você fizer questão de curtir a região na época do Natal Luz, planeje com muita antecedência, pois novembro, dezembro e janeiro são os mais caros. Principalmente em decorrência dos preços das passagens aéreas e da hospedagem.

 

Onde se hospedar em Canela?

 

Canela tem uma rede hoteleira bem abrangente, com opções que vão de pequenas hospedarias até hotéis super confortáveis.

Em uma das minhas idas à Serra Gaúcha, fiquei hospedada no Hotel Serra Nevada (no centro de Canela) e tive uma experiência maravilhosa, sobre a qual eu escrevi em um outro post aqui do blog.

Reserve seu Hotel com o Turista FullTime

Aliás, se você estiver planejando uma viagem à Serra Gaúcha, que tal fazer sua reserva aqui pelo blog?

Quando você usa um dos banners ou links do Booking.com aqui do Turista FullTime, você paga o mesmo valor aplicado pelo site parceiro e pode reservar sua hospedagem de forma segura e confiável, sem pagar taxa extra alguma pelo serviço.

Assim, você contribui para a manutenção deste blog, já que  ele não conta com patrocínios ou artigos pagos.

 

A acomodação perfeita para a sua viagem, você encontra aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *