Toda primeira vez na vida gera medo ou insegurança e com a primeira viagem de avião não seria diferente! Então, saiba todas dicas práticas, desde a preparação até o desembarque, para você viajar  tranquilamente e sem pagar mico!

 

É bem verdade que para quem viaja desde criancinha, talvez minhas dicas possam soar meio óbvias. Afinal, a pessoa teve a chance de ir aprendendo aos poucos, através do exemplo.

 

Aviões da KLM no aeroporto de Schiphol.

 

No meu caso (que também pode ser o seu), eu aprendi como agir durante a minha primeira viagem de avião, na raça e em tempo real!

Já passei por alguns perrengues desde que comecei a alçar voos mais altos. Porém, confesso, alguns poderiam ter sido evitados.

Ou, pelo menos, solucionados mais facilmente, se na época que eu comecei a voar existissem blogs de viagem ensinando o que fazer!

Porque, vamos combinar que nem toda dúvida a gente tem coragem de tirar com quem já está acostumado a viajar. Não é mesmo?

Então, se você é andorinha de primeira viagem, vem comigo! Vou lhe ensinar o caminho das pedras para você ficar com a cabeça nas nuvens e aproveitar ao máximo a sua primeira viagem de avião!

 

 

O que fazer na primeira viagem de avião?

 

Logicamente, que os preparativos vão depender do seu destino, da duração e do propósito  de sua viagem. Entretanto, via de regra, a primeira providência é a compra da passagem de avião.

 

Como comprar uma passagem aérea?

 

Antigamente era tudo mais complicado: você tinha que ir a uma agência de viagem e deixar que um agente fizesse tudo por você.

Hoje em dia, você tem a opção de comprar sua passagem diretamente nos sites oficiais das companhias aéreas ou optar por um site que compile várias opções de voos e companhias, como é o caso do Skyscanner, do Kayak ou do Passages Promo, parceiro do blog.

Normalmente, estes sites direcionam para um outro site, como o Decolar, o Submarino ou, ainda,  os sites das próprias companhias.

Eu, particularmente, uso os sites mais genéricos mais para procurar a opção de voo mais barata.

Finalmente, acabo comprando no site da própria companhia aérea, pois caso eu precise trocar o voo, é sempre mais descomplicado do que tentar resolver a situação através de um site intermediário.

Entretanto, qualquer que seja o site que você escolha, você terá que pagar sua passagem com um cartão de crédito.

Após a compra, você receberá um e-mail de confirmação,  contendo um código localizador e todas as informações sobre o seu voo.

 

 

Serviços extras durante o voo

 

No momento da compra, você poderá optar por alguns serviços extras, como escolher o seu assento, pagar pela bagagem despachada ou, mesmo, reservar uma refeição a bordo.

Contudo, não se preocupe. Se você não quiser se decidir por essas coisas com tanta antecedência, poderá fazê-lo no momento do check-in on-line. O que costuma ocorrer nas 24 horas que antecedem o seu voo.

Uma informação importante: nunca deixe para pagar pela mala que você vai despachar no guichê da balcão da companhia. No aeroporto, o valor pago costuma ser muito mais alto.

Quanto ao seu assento, normalmente você não precisará pagar por ele ao escolhê-lo quando fizer seu check-in on-line ou no aeroporto. Porém, você terá que se contentar com o que estiver disponível na ocasião.

Por isso, é tão importante fazer o check-in assim que ele estiver disponível, para garantir logo o seu lugar.

 

Quais os documentos necessários para viajar de avião?

 

Para uma viagem de avião ou qualquer outro meio de transporte dentro do território nacional, você pode portar apenas sua carteira de identidade ou sua habilitação.

Para países do Mercosul, você pode viajar apenas com a sua identidade. Não é necessário ter um passaporte válido. Entretanto, você não poderá embarcar apenas com a sua habilitação.

Se você estiver viajando com menores de idade, será necessário que eles tenham um documento com foto (preferencialmente, a identidade). Certidões de nascimento não são aceitas.

Para qualquer país fora da América do Sul, você precisará de um passaporte válido por pelo menos seis meses a contar da data da sua viagem.

 

Vistos e vacinas

 

Alguns países exigem vistos de turista (é o caso dos Estados Unidos e do Japão, por exemplo). Neste caso, o ideal é você planejar sua viagem com muita antecedência.

Alguns órgãos competentes costumam exigir a apresentação de um bilhete com as datas de ida e volta (o e-mail de confirmação também serve).

Você também pode precisar de um comprovante do lugar em que você irá se hospedar (reserva de hotel ou carta-convite do seu anfitrião).

Além disso, alguns países exigem vacinas, como a da febre amarela. Para isso, é necessário não só ter sido imunizado, mas possuir a carteira de vacinação internacional.

Então, eu sugiro que você sempre consulte o site do consulado ou da embaixada do país que você pretende visitar, a fim de conferir todos os procedimentos necessários para não ter uma surpresa desagradável na hora de embarcar, seja sua primeira viagem de avião ou não.

 

Como preparar sua bagagem para uma viagem de avião?

 

Eu já publiquei um post completo aqui no blog sobre como arrumar a mala de forma compacta e com todos os itens necessários para uma viagem.

Contudo, bagagem é um assunto muito importante quando se trata de uma viagem de avião. Afinal, é preciso atentar para dois detalhes essenciais: tamanho e peso.

Sempre que você compra uma passagem de avião, você tem direito a uma mala de bordo. Porém,  via de regra, tem que caber no compartimento da aeronave que fica acima dos assentos.

Essa mala tem dimensões máximas pré definidas (que você encontra detalhadas nos sites de cada companhia) e deve ter uma peso máximo de 10kg.

Atualmente, algumas companhias colocam um caixa com as dimensões exatas no portão de embarque e no check-in do aeroporto e sua mala tem que caber lá dentro. Se não couber, você pode ser obrigado a despachá-la.

 

 

As companhias aéreas costumam permitir, também, que você porte um outro item pessoal (uma mochila pequena, uma bolsa para laptop ou uma bolsa, por exemplo).

Entretanto, atenção: este item tem que caber embaixo do assento à sua frente. Não pode ser uma segunda “bagagem de mão”.

Bagagens com tamanho ou peso superior aos aplicados à bagagem de mão devem ser despachadas. Para voos nacionais, o peso máximo costuma ser de 23kg. Para voos internacionais saindo do Brasil o limite é de 32kg.

 

Primeira viagem de avião: o dia do batismo!

 

Finalmente, chega o grande dia da sua primeira viagem de avião! Que frio na barriga, né? E não é para menos, pois nada pode dar errado!

Vou confessar para você que, mesmo viajando frequentemente há muitos anos, eu sempre fico tensa no dia de embarcar.

Apesar de não ter medo de voar, fico com medo de tudo: de dar algum problema ou de esquecer alguma coisa. Enfim… ansiedade total!

Mas, existem algumas providências que você pode tomar para minimizar os riscos. Desde uma alimentação leve no dia, até sair de casa com antecedência para evitar contratempos.

Uma coisa bem útil é você fazer o seu check-in on-line e baixar o aplicativo da companhia aérea no seu celular. Assim, você pode ter o seu tíquete em formato eletrônico.

Você pode, também, habilitar o serviço grátis de SMS para receber informações sobre o seu voo, como uma possível mudança de portão de embarque, por exemplo.

As companhias aéreas costumam sugerir uma antecedência de uma hora para voos nacionais e duas horas para os internacionais.

Honestamente, acho insuficiente e sempre acrescento uma hora para cada situação. Além disso, como moro no Rio de Janeiro (famoso pelos engarrafamentos!), sempre adiciono um tempo para o deslocamento.

Se você chegar antes e der tudo certo, vai ter chance de explorar o aeroporto, tomar um café, dirigir-se ao seu portão de embarque com calma etc. E se algo der errado, vai ter tempo hábil para solucionar o problema.

 

No aeroporto

 

Ao chegar ao aeroporto, você vai se dirigir ao balcão de atendimento da companhia, ou a um dos terminais de auto-atendimento.

Em ambos, você poderá fazer o seu check-in (se ainda não tiver feito on-line) e imprimir o seu cartão de embarque (se não quiser usar a versão digital).

Se o seu voo for nacional, você só precisará passar para a área de embarque doméstico e dirigir-se ao seu portão de embarque.

Para voos internacionais, você passará por um dos guichês da Polícia Federal para registar a sua saída do país. Neste momento, você deverá apresentar o seu passaporte e o seu cartão de embarque.

 

Terminais e Portões de embarque

 

Se você estiver viajando a partir de um aeroporto grande, é muito importante verificar o seu terminal de embarque e o portão do seu voo.

Isto não costuma ser um problema nos aeroportos nacionais. Porém, pode ser um grande perrengue em alguns aeroportos internacionais.

É o caso de Heathrow ( Londres ), Charles De Gaulle ( Paris ) ou Schiphol (Amsterdã), que contam com vários terminais.

Não é raro que aeroportos internacionais tenham trens ou ônibus ligando os terminais. Daí a importância de se chegar com antecedência.

Todos os aeroportos possuem painéis com o horário de partida e o portão de cada voo.

Então, mesmo que o seu cartão de embarque já esteja com o portão definido, sempre é bom confirmar em um desses painéis para ver se não houve alguma alteração.

 

Painéis com horários de partida e chegada

Créditos da foto: Pixabay

 

Horário de embarque x horário da decolagem

 

Seu cartão de embarque mostrará dois horários distintos: a hora que você deve estar no portão de embarque e a hora da decolagem propriamente dita.

Então, preste muita atenção ao “boarding time”. Normalmente, os portões são fechados de 15 a 20 minutos antes do horário da decolagem. E aí não tem choro nem vela: quem estiver fora da aeronave, vai ficar pra trás!

 

O que esperar de uma viagem de avião?

 

A primeira viagem de avião gera muito ansiedade, pois não é só a questão de fazer algo inédito. Tem outros fatores envolvidos: o medo de enjoar ou não saber como se comportar; medo durante a decolagem, as turbulências, a aterrisagem etc. E esses medos são mais comuns do que as pessoas tendem a admitir.

Mas, independentemente dos fatores emocionais, existem algumas inseguranças de ordem prática. E se você souber o que esperar, certamente, vai encarar de boa qualquer viagem de avião. Então, vamos ver quais são as principais dicas.

 

Use roupas e sapatos confortáveis na sua viagem de avião

 

Honestamente, deixe o glamour para quando estiver no destino . Vista-se casual e confortavelmente para uma viagem de avião. Nada de sapatos apertados, calça jeans muito justas, saltos etc.

O ideal é se vestir como se fosse ficar no aconchego do sofá. Ainda mais porque ficar sentado por horas em um espaço ínfimo já é tortura o suficiente!

 

Cabine de avião

Créditos da foto: Pixabay

 

Prepare-se para eventuais gastos

 

Algumas companhias aéreas têm cobrado pelas refeições em voos nacionais. Neste caso, há um cardápio e você pode adquirir os produtos pagando com cartão de crédito ou com dinheiro vivo.

Contudo, os preços costumam ser bem salgados. A não ser que você encontre grandes redes, que tendem a ter o mesmo preço aplicado em qualquer outro lugar.

Então, vale a pena comer algo antes de sair de casa . E até levar algum lanchinho para comer no voo. Não é proibido entrar com alimentos no avião.

Além disso, a quantidade das refeições servidas a bordo costumam ser pequena. Assim, é melhor levar alguma coisa para complementar.

 

Conforto a bordo

 

Para voos de longa duração, sempre serão disponibilizados um pequeno travesseiro e uma manta.

Porém, se você é do tipo friorento, leve algo confortável e quentinho para usar. Pode ser um casaco leve ou um moletom, pois o ar-condicionado pode ser bem desconfortável.

 

Itens de trabalho e lazer

 

Algumas companhias disponibilizam  entretenimento a bordo a partir de dispositivos móveis. Basta você baixar o aplicativo correspondente.

A Latam, por exemplo, oferece o Latam Play. A Gol disponibiliza o Gogo Entertainment. Ambos disponíveis para Apple e Android.

A única coisa é que você terá que instalar o aplicativo antes de entrar na aeronave, pois você não terá Wi-Fi grátis para fazer isso durante o voo.

Leve, também, seu próprio fone de ouvido (e adaptador para plugar seu fone de ouvido, no caso de um fone da Apple).

Em voos nacionais, possivelmente, não haverá tomadas para carregar seu laptop.

Contudo, em voos internacionais, normalmente, há uma tomada disponível para cada assento.

 

O uso de toaletes em uma viagem de avião

 

Pode até parecer engraçado falar sobre este tema, mas ele é importante quanto qualquer outro em se tratando de uma primeira viagem de avião.

Até porque ninguém nasce sabendo o que esperar deste pequeno recinto!

Certa vez, uma amiga foi usar o banheiro do avião e não trancou a porta. Conclusão: a porta se abriu e ela foi pega, literalmente, com as calças na mão!

Eu também passei por uma situação bem inusitada. Uma passageira sentada ao meu lado pediu que eu fosse com ela ao banheiro (lógico que era para eu esperar do lado de fora!).

Era a primeira vez que ela viajava de avião e estava muito insegura. Ela não sabia onde acionar a descarga e ainda largou a porta destrancada.

 

Uso do toalete em uma viagem de avião

 

Então, para saber se a porta está devidamente trancada, veja se há luz no banheiro. Se estiver escuro, é porque você não fechou adequadamente.

E o mais importante de tudo: antes de acionar a descarga, levante-se do vaso sanitário, pois a sucção é poderosa!

 

Viagem de avião vicia!

 

Sim, viagem de avião vicia e muito! Mesmo que você possa acessar o seu destino com outro meio de transporte.

Quando você se dá conta de que pode economizar tempo e (às vezes) não gastar tão mais, você não quer outra vida! Ainda mais se você considerar o fator cansaço.

Viajar de avião é prático, rápido e eficiente. Imagine: acordar em um país e no mesmo dia, poder dormir em outro. Uma conquista maravilhosa da humanidade!

 

A acomodação perfeita para a sua viagem, você encontra aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *