Sem Comentários

Um City Tour no Rio de Janeiro é uma excelente alternativa para quem tem pouco tempo e deseja conhecer os principais pontos turísticos da cidade. Conheça a opção mais viável para percorrer os atrativos mais relevantes da Cidade Maravilhosa em apenas 3 horas.

Como o próprio nome já esclarece, um City Tour no Rio de Janeiro vai lhe proporcionar uma visão mais abrangente da cidade, muito além de suas belas praias e paisagens.

A convite da empresa de turismo Rio Line, fui conferir o roteiro, que inclui os principais pontos turísticos do Rio de Janeiro.

 

City Tour no Rio de Janeiro: ônibus panorâmico da empresa Rio Line

 

Acredite: apesar de o City Tour no Rio de Janeiro ter uma curta duração, nós conseguimos rodar (literalmente) por muitos pontos de interesse da cidade.

Além disso, de bônus, ainda conseguimos desfrutar de dois deles!

O City Tour no Rio de Janeiro, oferecido pela empresa Rio Line, tem duas saídas diárias. A primeira, às 9:00 da manhã e a última, às 2:00 da tarde.

E, no momento, é o único tour com ônibus panorâmico circulando pelo Rio de Janeiro.

 

 

O fato é que este serviço oferecido pela empresa é a alternativa mais parecida com o esquema de Hop on – Hop Off, um serviço disponível em outros destinos turísticos do mundo mas que, infelizmente, não é possível encontrar na Cidade Maravilhosa.

Apesar de este City Tour não oferecer a possibilidade de subir e descer do ônibus quando e quantas vezes você quiser, ele permite que você tenha uma noção das infinitas possibilidades de turismo da cidade.

Depois, você decide se quer voltar a algum ponto de interesse e explorá-lo por sua conta, com mais calma.

Itinerário do City Tour no Rio de Janeiro

 

O itinerário do City Tour no Rio de Janeiro tem início na bela Avenida Atlântica, onde está a agência de turismo que oferece o serviço.

 

City Tour no Rio de Janeiro: praia de Copacabana

Avenida Atlântica e a praia de Copacabana.

 

 

De lá, ele percorre toda a orla de Copacabana, passando em frente ao tradicional hotel Copacabana Palace.

 

City Tour no Rio de Janeiro: Copacabana Palace

 

Passa, também, em frente ao ticket center (outro local de embarque do tour).

 

City Tour no Rio de Janeiro: Ticket Center da praia de Copacabana

 

Segue caminho, então, pela Enseada do Botafogo. Depois passa pelo Aterro do Flamengo.

 

City Tour no Rio de Janeiro: Enseada de Botafogo

 

Percorre, ainda, o bairro da Urca e passa em frente à entrada da bilheteria para o Bondinho Pão de Açúcar.

 

City Tour no Rio de Janeiro: Bondinho Pão de Açúcar.

 

Dali, continua em direção ao centro da cidade, passando por várias construções e igrejas históricas.

Pelo caminho, o guia Eduardo, com mais de 33 anos de experiência no ramo, vai descrevendo com propriedade os pontos de destaque.

Aliás, ele dá um show! De simpatia, de animação e, principalmente, de conhecimento da História e da Geografia do Rio de Janeiro.

Catedral de São Sebastião do Rio de Janeiro

 

A primeira parada do City Tour no Rio de Janeiro acontece na Catedral de São Sebastião do Rio de Janeiro. Ali, o grupo pode conferir uma construção que foge, completamente, das tradicionais referências arquitetônicas das igrejas católicas: a bela catedral metropolitana.

A permanência no local é de aproximadamente 15 minutos, tempo suficiente para conferir o local e tirar boas fotos.

 

City Tour no Rio de Janeiro: Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro.

Zona Portuária

 

Totalmente revitalizada para os Jogos Olímpicos de 2016, a região ganhou inúmeras atrações. Dentre elas, o Museu do Amanhã e o AquaRio.

 

City Tour no Rio de Janeiro: Museu do Amanhã.

 

Além das Praças XV e Mauá, totalmente repaginadas e repletas de opções de lazer para toda a família.

 

 

Para completar o cenário, a presença dos modernos VLTs (veículos leves sobre trilhos), que fazem um percurso perfeito para moradores e turistas, com a Rodoviária Novo Rio e o Aeroporto Santos Dumont nos seus itinerários.

 

Estádio do Maracanã

 

O estádio Jornalista Mário Filho, inaugurado em 1950, já foi palco de momentos inesquecíveis do futebol brasileiro e mundial.

Para torcedores do mundo inteiro, simplesmente, Maracanã. Para cariocas da gema ou do coração, o Maraca sempre encanta!

 

City Tour no Rio de Janeiro: estádio do Maracanã.

 

Impossível passar pelo Maraca sem dar uma paradinha, certo? Daí que nossa segunda parada do City Tour aconteceu por lá.

Foram cerca de 20 minutos para sentir a emoção de estar pertinho de um dos gramados mais emblemáticos do mundo.

 

Normalmente, a visitação só é permitida com o tour oferecido pelo próprio estádio. Porém, a Rio Line conseguiu o privilégio de dar uma passadinha por lá com os turistas que embarcam no tour Rio Full Day e, também, com os integrantes do City Tour no Rio de Janeiro. Olha aí uma vantagem inegável de estar em uma excursão!

No caso do Rio Full Day, a entrada já está incluída no pacote. Entretanto, se você optar pelo City Tour no Rio de Janeiro, terá que pagar R$20,00 (opcional).

Eu não entrei no estádio, pois já o havia visitado quando fiz o roteiro completo. Contudo, quase todos os outros integrantes do City Tour aderiram à rápida visita.

Se você quiser fazer a visita completa no estádio (que dura cerca de 1h30min), deve ir diretamente ao estádio e comprar seu ingresso por RS60,00 (valores de 2018) diretamente na bilheteria.

 

Arcos da Lapa

 

Mesmo sem uma parada para fotos, passar pelos Arcos da Lapa dá um charme a mais ao passeio. Afinal, eles são uma outra imagem icônica da cidade!

 

 

 

Eles são o complemento perfeito em uma visita ao bairro de Santa Teresa, outro passeio imperdível do qual já falei em outro post.

 

Construções históricas no itinerário do City Tour no Rio de Janeiro

 

Apesar de não ser possível parar,  você vai passar em frente a várias construções de importância política e histórica ao percorrer o centro da cidade.

Não desperdice a chance de tirar uma bela foto do maravilhoso Theatro Municipal.

 

City Tour no Rio de Janeiro: Theatro Municipal.

 

E se tiver tempo sobrando durante a sua estadia, volte para fazer a visita guiada pelo inteiro do teatro,  que acontece com regularidade.

Há, inclusive, um tour diário em Inglês. Para maiores informações sobre preços e horários, consulte o site oficial.

O tour pelo centro passa, também, por inúmeras outras construções famosas. Destaque para a Igreja Nossa Senhora da Candelária, o Palácio do Itamaraty, o Palácio Duque de Caxias e a Central do Brasil.

E para finalizar o tour pelo centro, uma rápida passada pelo Sambódromo.

 

City Tour no Rio de Janeiro: Sambódromo.

Destaques da Zona Sul

 

Após o tour pelo centro, atravessamos o Túnel Santa Bárbara e retornamos à Zona Sul. Passamos pelo bairro das Laranjeiras, com destaque para as ruas bucólicas e para o prédio onde morou a saudosa cantora Cássia Eller.

Depois, seguimos até a Rua do Cosme Velho, onde se encontra a entrada para o Trem do Corcovado.

 

City Tour no Rio de Janeiro: Trem do Corcovado.

 

Dali, atravessamos o Túnel Rebouças e fomos dar uma voltinha pela Lagoa Rodrigo de Freitas e pelo bairro do Leblon.

De lá, voltamos à agência da Rio Line, local de início do nosso tour. Hora de dizer “adeus” ou “até logo”!

 

Extras do City Tour no Rio de Janeiro: pick-up e drop-off no hotel

 

Se estes termos ainda lhe causam certa dúvida, eu explico. Pick-up significa que um transporte irá buscar você no hotel para levar ao ponto de início do passeio.

E drop-off quer dizer que, no final do dia, a empresa de turismo se encarregará de deixar você de volta em seu hotel.

 

 

Este serviço está disponível para quem está hospedado em alguns hotéis da Zona Sul e da Barra da Tijuca.

Para maiores informações sobre alista de hotéis atendidos, entre em contato com a empresa Rio Line. Um dos atendentes lhe fornecerá as informações atualizadas.

Caso você não esteja em um hotel (ou more na cidade, como eu!) pode ir direto à agência, que fica em Copacabana, para se juntar ao grupo.

 

Vale a pena pegar um City Tour no Rio de Janeiro?

 

Eu já levantei esta questão em outros posts, pois sei que muitas pessoas relutam em aceitar a ideia de embarcar em um tour.

Sei também que, assim como os cruzeiros, passeios em grupos grandes dividem opiniões.

Uns amam, alguns aturam, outros detestam (ainda que nunca tenham experimentado!).

Eu diria que em algumas situações, tours guiados são a melhor solução. Ainda que possam ter algumas desvantagens. Entretanto, dependendo da cidade ou do roteiro, as vantagens ganham de longe.

Tenho participado de diversos passeios em grupo, com diferentes tipos de público, e posso dizer que as experiências têm sido sempre muito positivas.

Recentemente, participei de um tour de dia inteiro na cidade do Rio de Janeiro. Em uma cidade conhecida pelo trânsito intenso e bem caótico, o Rio Full Day foi uma saída perfeita para a otimização de tempo.

Em apenas um dia, eu pude visitar diversas atrações imperdíveis da cidade. Se eu fosse uma turista, isto teria me deixado mais tempo livre para outras atividades.

 

City Tour no Rio de Janeiro: Cristo Redentor.

 

Daí que, cada vez mais, saio em defesa dos passeios guiados, pois a praticidade que eles proporcionam compensam o investimento.

No fim das contas, você acaba percebendo que eles têm um ótimo custo-benefício. E. de quebra, você não fica vulnerável a inúmeros incidentes que podem acontecer aos turistas, especialmente, nas grandes cidades.

Motivos para embarcar em um City Tour no Rio de Janeiro

 

Analisando este City Tour, especificamente, posso dizer que mesmo para quem mora aqui na cidade do Rio de Janeiro, como é o meu caso, foi uma delícia.

Eu poderia enfatizar vários pontos, mas resumirei em dois grandes diferenciais.

Primeiro, poder percorrer pontos já conhecidos da cidade, mas com ênfase em prestar atenção às suas origens e aos seus significados é algo inusitado.

Finalmente, na correria do dia a dia, é comum vários atrativos como meros elementos da paisagem urbana.

De modo que esquecemos de apreciar sua beleza e, acima de tudo, sua importância para a História do nosso país. Um City Tour, acompanhado de um guia experiente, resgata este valor cultural.

 

City Tour no Rio de Janeiro: Palácio Tiradentes.

 

Contudo, o mais marcante deste City tour no Rio de Janeiro, para mim, foi o resgate da minha alma “escolar”.

Fazia muito tempo que eu não me sentia uma adolescente em um momento de pura descontração!

Imagine: dentro de um ônibus repleto de pessoas de diferentes nacionalidades e idades (todas acima de 18 anos, pelo que pude notar), passar pelos túneis com vivas e urros foi diversão na certa!

Percorrer a orla de Ipanema cantarolando a icônica música de Tom Jobim foi um momento mágico. Presenciar argentinos, peruanos, chilenos e brasileiros cantando, em uníssono, foi impagável.

Mais uma vez, uma salva de palmas (que foram muitas durante o trajeto!) para o alegre guia que tornou todos esses momentos possíveis.

Extras no Rio de Janeiro e região

 

E se você tiver dias sobrando, que tal fazer um bate e volta até Petrópolis? Ou, então, aproveitar para visitar a região portuária, toda renovada e o moderno Museu do Amanhã?

 

 

A acomodação perfeita para a sua viagem, você encontra aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *