Sem Comentários

A vinícola Concha y Toro é, sem dúvida, a mais famosa do Chile e é considerada uma das melhores na região de Santiago. De modo que uma visita às suas instalações não pode faltar na lista de quem passeia bela capital chilena.

Se você já acompanha o Turista FullTime há um certo tempo, sabe que eu adoro visitar vinícolas! Assim, nesta minha última visita a Santiago do Chile, resolvi dar uma especial atenção ao enoturismo. O resultado foi uma deliciosa incursão ao maravilhoso mundo do vinho!

 

Vinícola Concha y Toro: charme e elegância nos arredores de Santiago

Mesmo quem não entende muito do assunto, vai concordar que os vinhos da vinícola Concha y Toro são muito conhecidos no Brasil.

De modo que não é à toa que seu complexo enoturístico é extremamente procurado pelos turistas brasileiros que visitam Santiago.

 

Entrada da vinícola concha y Toro

 

Tal fato, desencadeou algumas peculiaridades para conhecer suas instalações, como eu vou lhe contar ao longo deste post.

Porém, primeiramente, vamos saber um pouco mais sobre esta vinícola que se tornou uma verdadeira referência no mundo vitivinícola mundial.

A história da vinícola Concha y Toro

Como quase toda vinícola existente, a Concha y Toro também teve seu início modesto, e depois foi se expandindo até alcançar a notoriedade dos dias atuais.

Assim, em 1883 Don Melchor de Concha y Toro (político e empresário) resolve fundar a vinícola que leva o seu sobrenome.

Algumas décadas se passam, até que a Concha y Toro passe por grandes processos de modernização, que acontecem, principalmente, nas décadas de 1950, 1960 e 1990.

 

Maquinário antigo da vinícola concha y Toro

Maquinário antigo em exposição.

 

O resultado é surpreendente: não só a vinícola é a primeira a entrar para a bolsa de valores de Nova Iorque, como hoje está presente em mais de 140 países.

Seus números são igualmente grandiosos: com mais de 10 mil hectares de vinhedos espalhados pelo Chile, Argentina e Estados Unidos, a vinícola Concha y Toro consegue chegar à marca de 400 milhões de vinhos por ano.

Isso sem contar os prêmios recebidos. Dentre eles, o da “marca de vinho mais admirada e poderosa do mundo”.

 

O que esperar do tour à vinícola Concha y Toro?

Se você já fez alguma visita guiada por outras vinícolas, com certeza, sabe que qualquer tour do gênero segue um padrão muito similar, que inclui percorrer os vinhedos, conhecer as instalações, visitar a loja de varejo e participar de degustações.

Assim, qualquer que seja o tour que você escolha durante a sua visita à vinícola Concha y Toro, este seguirá, basicamente, a mesma sequência de eventos.

A vinícola Concha y Toro disponibiliza três tipos de tour, com preços e degustações diferenciados: o tradicional, o Gran Reserva e o Casillero del Diablo.

O importante é que você saiba que, qualquer que seja a sua escolha, é preciso reservar um turno do seu dia para aproveitar bem a sua visita. De maneira que você pode ir logo cedo, ou deixar a visita para a parte da tarde.

O tour tradicional

O tour tradicional tem início em um ponto de encontro próximo à loja de varejo da vinícola. É ali que o guia recebe os visitantes e dá as primeiras orientações sobre a experiência.

 

O quiosque ao fundo é o ponto de encontro para o início do tour da Vinícola Concha y Toro.

Aquele quiosque ao fundo é o ponto de encontro para o início do tour da Vinícola Concha y Toro.

 

Nossa guia foi a Antonia, uma simpática chilena que eu jurava ser brasileira, de tão fluente (e sem sotaque) que era o seu Português. Aliás, eu só soube que ela não era brasileira porque eu não me contive e perguntei!

 

Os jardins da vinícola Concha y Toro

Na primeira parte do tour, o grupo percorre os jardins da propriedade, que são de uma beleza singular.

Logo na entrada para os jardins, há um “túnel vivo”, resultado do plantio de uma parreira de uva moscatel que tem mais de 100 anos e que produz até hoje (ainda que minimamente). É por ele que você acessa o Parque Casona, a linda área verde no entorno da Casona Don Melchor.

 

Pelos 22 hectares da propriedade, você poderá conferir árvores trazidas do mundo todo.

Os destaques vão para as araucárias brasileiras, os ciprestes italianos, as palmeiras chinesas e muitos outros exemplares que encantam a todos.

Há, ainda, uma lagoa artificial, com seus nenúfares da família da Flor de Lótus.

No passado, a lagoa foi utilizada no sistema de irrigação das primeiras parreiras, Hoje em dia, ela é meramente, decorativa.

 

 

E que cenário! Inspirada nos Jardins de Monet em Giverny, é um pano de fundo perfeito para fotos com o seu amor.

A Casona Don Melchor

A suntuosa propriedade de veraneio da família Concha y Toro, construída no século XIX encanta pela fachada imponente.

 

Uma pena que não seja possível visitar o seu interior, com seus 22 cômodos e nada mais nada menos do que 4 mil metros quadrados!

 

Jardim de Variedades

As 26 variedades de cepas que podem ser conferidas na vinícola Concha y Toro estão plantadas em sistema de espaldeira vertical e andar entre elas é uma sensação deliciosa.

 

Parreiras em sistema de espaldeira na vinícola Concha y Toro

 

Elas estão identificadas de acordo com a variedade e você pode escolher a que mais combina com o seu paladar para tirar lindas fotos.

 

As degustações da vinícola Concha y Toro

 

Durante o tour tradicional, você terá direito a três degustações, que acontecem em pontos estratégicos do complexo.

As duas primeiras acontecem ao ar livre, durante os passeios pelos jardins. E a última, em uma sala perto da bodega do Casillero.

Na primeira degustação, provamos um Sauvignon Blanc em meio a uma linda área do parque.

 

 

A segunda degustação foi a do Marques Casa de Concha, o sofisticado carmenere da vinícola. E a terceira degustação não poderia ser diferente: o icônico Casillero del Diablo.

 

A adega do Casillero del Diablo

 

Lógico que qualquer visitante aguarda por esse momento do tour, que não vou detalhar a fim de não estragar a surpresa.

 

Entrada para a casa do Capeta… Ops! Bodega do Casillero del Diablo.

 

Mas, o fato é que você passará pela área de armazenamento dos vinhos que estão em processo de maturação nas barricas de carvalho, aguardando a fase do engarrafamento.

 

 

E, finalmente, entrará na tão famosa Adega do Casillero, que fica quatro metros abaixo do nível do solo e que guarda lendas e superstições… hehehe!

 

Infraestrutura da vinícola Concha y Toro

O complexo da vinícola Concha y Toro é muito organizado e com toda a infraestrutura para atender bem aos visitantes.

Antes ou após a visita, você pode almoçar ou tomar um lanche no restaurante ou mesmo degustar alguns dos rótulos da casa no wine bar.

Há vários arranjos com preços e opções bem convidativos. Infelizmente, não tivemos tempo hábil para aproveitar o espaço.

 

 

Por conta das manifestações políticas que ocorriam na ocasião da nossa visita a Santiago, nosso guia e motorista teve que nos levar de volta aos respectivos hotéis de modo a garantir a nossa segurança.

Porém, acredito que em situações normais, a Destino Chile disponibilize mais tempo para que seus passageiros curtam o lugar.

A loja de varejo da vinícola Concha y Toro disponibiliza não só vinhos de todos os tipos e preços, como muitos artigos que são objeto de desejo de quem aprecia o assunto.

 

Como visitar a vinícola Concha y Toro?

 

Sem dúvida que visitar a vinícola por conta própria é, não só possível, como descomplicado.

Isto é: se você não bebe e está de carro próprio ou alugado.

Entretanto, se você não atende às duas condições (meu caso!), só resta contar com o transporte público ou com um tour.

Honestamente? Pesquisei muito ao planejar a minha viagem e cheguei à conclusão de que ir por conta própria sem carro seria uma grande missão! Daí que optei por um tour.

Com carro particular

É certo que a distância parece ser pouca – a vinícola Concha y Toro fica a apenas 30 quilômetros de Santiago.

Porém, o trajeto da área central até lá é bem parecido com o que acontece nas grandes cidades do Brasil.

O trânsito é intenso e boa parte do caminho lembra muito o da Avenida Brasil aqui no Rio de Janeiro (cariocas me entenderão!).

Mas, beleza, se você tiver um motorista da vez e um GPS, chegar até lá não vai ser problema.

Além disso, a vinícola Concha y Toro disponibiliza estacionamento grátis para os clientes.

Usando transporte público

Eu estava hospedada no bairro da Providencia – um dos mais centrais e populares entre os turistas.

De maneira que, para chegar à vinícola Concha y Toro eu teria que trocar de linha de metrô duas ou três vezes (dependendo do itinerário escolhido).

Além disso, precisaria contar com um táxi ou carro de aplicativo para cumprir o final do trajeto, uma vez que da estação mais próxima até o complexo da vinícola Concha y Toro são cerca de dois quilômetros.

Junte-se a todos esses enroscos, o fato de que a cidade passava por constantes manifestações políticas e, boa parte das estações de metrô estava fechada.

Resumindo: um deslocamento usando transporte público tinha tudo para dar errado.

Entretanto, as manifestações foram eventos muito pontuais que, muito provavelmente, não acontecerão na época da sua visita a Santiago.

Assim, o máximo que você vai encarar para chegar até a vinícola Concha y Toro vai ser um pinga-pinga só, moroso e cheio de etapas.

Neste caso, considere (pelo menos) cerca de uma hora e meia para ir e o mesmo tempo para voltar ao seu local de origem.

Contratando um tour guiado

Sinceramente, contratar um tour guiado para visitar a vinícola Concha y Toro me pareceu a melhor alternativa, por vários motivos.

Antes desta viagem, eu e meu marido já havíamos estado quatro vezes em Santiago e sempre nos locomovemos por conta própria.

Porém, desta vez optamos pela agência brasileira de turismo receptivo Destino Chile, com a qual também fizemos o tour Cajón del Maipo 2 em 1 e com a qual visitamos quatro vinícolas do Vale de Casablanca, passeios sobre os quais falarei em outros posts aqui do blog.

Comodidade no deslocamento

É inegável que ir sentadinha, a bordo de uma van confortável e sem o receio de errar o itinerário tira um peso tremendo das costas. Ainda mais apreciando o caminho e conhecendo outras regiões menos turísticas da cidade.

 

O pano de fundo da foto é o Cajón del Maipo, mas todas as vans da empresa têm o mesmo padrão de qualidade.

 

Segurança

Principalmente, durante o período conturbado em que visitamos a cidade, não fosse pelo tour com a Destino Chile, não teríamos conhecido a vinícola Concha y Toro.

Primeiro, porque o deslocamento de táxi ou com aplicativo de carro até lá ficaria muito caro.

Segundo, devido ao fato de (como turistas) não sabermos onde haveriam protestos contra o governo.

Imagine: sem conhecermos rotas alternativas em caso de tumulto, teria sido tudo bem tenso.

E, finalmente, porque se tivéssemos optado por transporte público, não teríamos como descer na estação correta.

Aliás, esse foi um fato do qual só tomamos ciência ao passar por várias estações fechadas ao longo da via principal que fazia parte do itinerário até a vinícola Concha y Toro.

Contudo, é preciso esclarecer que Santiago é uma capital, normalmente, bem segura e organizada e que nós não passamos por situações de risco real.

Por que visitar a vinícola Concha y Toro com a Destino Chile?

A Destino Chile é uma agência brasileira de turismo receptivo especializada em atender aos turistas brasileiros. Este é o grande diferencial com relação às outras agências em Santiago e região.

Com foco na capital chilena e arredores e, também, no Deserto do Atacama, a Destino Chile especializou-se em suprir a enorme demanda de tours em Português, destinados aos milhares de turistas brasileiros que visitam estes dois pólos turísticos todos os anos.

De modo que, não só os guias e motoristas contratados pela empresa falam um excelente “Portunhol”, como as visitas e serviços oferecidos por eles têm o foco no nosso público.

Eu achei incrível essa iniciativa, pois essa abordagem muda tudo na atmosfera de um grupo composto por pessoas que acabaram de se conhecer.

Todos os passeios que fiz com a empresa tiveram um público 100% brasileiro, o que propiciou a integração e, consequentemente, uma diversão maior para todos.

Como planejar um tour à vinícola Concha y Toro com a Destino Chile?

 

A Destino Chile possui um website com todos os serviços oferecidos e com opções de compra direta on-line ou por atendimento através de e-mail e WhatsApp.

Através do link do tour, você consegue acessar o calendário fornecido pela empresa para consultar as disponibilidades e realizar o seu agendamento.

Todo o processo é bem descomplicado e o site tem o selo de certificação para uma compra segura.

A reserva para tours pode ser feita durante o planejamento de sua viagem ou já no destino, já que o tempo de resposta da empresa é bem rápido.

Pitacos de blogueira

Eu, realmente, gostei muito do tour à vinícola Concha y Toro operado pela Destino chile.

Vários aspectos foram bem positivos: a pontualidade do guia, a qualidade do veículo utilizado no transporte, as dicas fornecidas pelo guia durante o deslocamento, só para citar alguns fatores.

Entretanto, acho que um tempo maior de permanência na vinícola após o tour é fundamental para que a experiência seja, realmente, completa.

Na ocasião da nossa visita, tivemos apenas 40 minutos para desfrutar do complexo após o tour. De modo que não conseguimos aproveitar o delicioso pátio da vinícola para fazer uma das degustações (pagas à parte) oferecidas no wine bar e no restaurante.

Todos os participantes do grupo saíram da vinícola com gostinho “de quero mais”. Ainda mais devido ao fato de as degustações durante o tour serem ínfimas.

Fiquei um pouco desapontada com este quesito pois, apesar de a Concha y Toro ser a vinícola mais famosa do país, na minha opinião, foi também a menos generosa com relação à quantidade de vinho oferecida durante as degustações.

O que me leva a ressaltar que um período mais estendido após a visita é crucial para que os fãs dos vinhos tenham a oportunidade de se deliciar “na fonte”.

Agradecimentos

Visitei a vinícola Concha y Toro a convite da empresa Destino Chile. Entretanto, é importante ressaltar que, apesar da parceria, todas as opiniões e comentários deste post são impressões genuínas de uma blogueira experiente, acostumada a visitar diversas vinícolas e que sabe avaliar a qualidade dos serviços prestados.

Assim, cumprindo com o compromisso de transparência do blog, sinto-me totalmente confortável em recomendar a Destino Chile como uma alternativa confiável e conveniente para visitar as atrações do Chile com conforto e segurança.

A acomodação perfeita para a sua viagem, você encontra aqui:

Compre seus ingressos em Português e sem complicação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: