2 Comentários

O que fazer em Pomerode, a cidade mais alemã do Brasil? Famosa pela Festa Pomerana e pela Osterfest, a bela e pacata cidade do interior de Santa Catarina tem muito a oferecer o ano todo!

Há muito tempo eu planejava visitar Pomerode, pois sou fã da gastronomia, da arquitetura e da cultura alemãs.

De modo que, quando surgiu a chance de visitar a cidade, não pensei duas vezes.

E devo confessar que, apesar de ter feito um “intensivão”, voltei para casa com gostinho de quero mais, pois há bastante coisa a se desfrutar por lá!

 

 

É certo que é possível planejar uma estadia de 2 ou 3 dias em Pomerode e, assim,  conhecer suas principais atrações.

Contudo, este é um tipo de destino que merece ser curtido sem pressa. Aproveitar sua tranquilidade e diminuir o ritmo contribuem para uma experiência mais imersiva e completa.

 

O que você precisa saber antes de ir a Pomerode?

 

Primeiramente, a dica de ouro que eu daria para você que está planejando uma ida a Pomerode é uma especial atenção à logística.

Digo isso porque quando reservei minha viagem, fui pelo preço da passagem e acabei comprando um voo Rio-Curitiba.

Claro que eu sabia que a distância entre as duas cidades era de cerca de 195 quilômetros e que o percurso entre elas demoraria cerca de 3 horas, mas priorizei a economia.

Honestamente, a diferença de tarifa não justifica a canseira e o tempo perdido.

Ainda mais porque um transfer (em carro para até quatro passageiros) entre Curitiba e Pomerode pode custar até 380 reais.

De modo que é um custo fixo de 760 reais, esteja você viajando só ou em um pequeno grupo.

 

Nosso transfer de ida e volta para Curitiba

 

Mais vantagem é pegar um voo para o Aeroporto Internacional de Navegantes, localizado na cidade de mesmo nome.

Ele fica a apenas cerca de 75 quilômetros de distância de Pomerode e você pode alugar um carro e fazer um itinerário para explorar esta região catarinense.

Esse arranjo permite, inclusive, visitar Pomerode em um bate e volta a partir de Blumenau, pois apenas cerca de 30 quilômetros separam uma da outra.

Eu, particularmente, acho que perde parte do encanto, mas é possível.

O Aeroporto Hercílio Luz, localizado em Florianópolis é uma outra alternativa viável mas, assim como o de Curitiba, também é mais distante (são cerca de 180 quilômetros).

Só compensa se você quiser conhecer um pouco da capital e do litoral catarinenses, já que o trajeto passa pela Praia de Bombinhas (famosa por suas águas cristalinas e calmas) e pelo Balneário Camboriú (a “ Dubai Brasileira” e capital da música eletrônica no país).

E ainda dá pra dar uma esticada ao Balneário de Penha (onde fica o Beto Carrero).

 

Pomerode: a cidade mais alemã do Brasil

 

Localizada no Vale do Rio Itajaí e em uma região mais conhecida como Vale Europeu, Pomerode se destaca por sua colonização predominantemente alemã.

Os primeiros registros de imigrantes alemães chegando à região datam de 1863. A maioria deles, oriundos da região da Pomerânia.

Daí a origem do nome da cidade, pois “Pome” faz uma referência à Pomerânia e “rode” vem do verbo roden, que em Alemão significa “trabalhar na roça”, atividade predominante dos primeiros imigrantes.

 

tipo de moradia dos imigrantes pomeranos

Típica moradia dos primeiros habitantes de Pomerode na propriedade da família Siewert

 

Hoje em dia, a Pomerânia não pertence mais à Alemanha. Depois da Segunda Guerra Mundial, grande parte de seu território foi anexado à Polônia. Mas esta explicação é complexa e fica para os historiadores!

Como a minha especialidade é o turismo, vou focar nas minhas observações sobre as experiências que tive por lá!

 

A língua e a cultura alemãs

 

É muito comum ouvir pessoas conversando em Alemão em Pomerode. Ou, ainda, em Português, mas com forte sotaque Alemão.

O Pomerano, entretanto, é falado apenas pelos moradores mais antigos.

Inclusive, há registros de que há mais falantes dessa língua antiga em Santa Catarina do que na Europa, pois estima-se que mais de 300 mil descendentes vivam no estado.

A cultura alemã também pode ser percebida em vários aspectos: desde a arquitetura até o comportamento das pessoas.

Visualmente, Pomerode é uma cidade essencialmente alemã.

O estilo das construções, os jardins bem cuidados, as ruas extremamente limpas… tudo lembra uma típica cidade pequena da Alemanha.

No comportamento, nota-se a pontualidade, o senso de responsabilidade, a hospitalidade e a polidez no trato com as pessoas.

Sabe aquela cidade em que você chega e já começa a se imaginar morando na aposentadoria?

Ou que você se pega pensando que seria uma boa trocar seu emprego na cidade grande por outro em um lugar com mais qualidade de vida?

Pois é assim que você se sente em Pomerode!

 

 

O que fazer em Pomerode?

 

Pomerode é uma cidade com quatro eventos anuais marcantes: a Festa Pomerana, a Osterfest, o Festival Gastronômico de Pomerode e a Weihnachtsfest.

A agitação de Pomerode já começa na segunda quinzena de janeiro, quando acontece a Festa Pomerana.

Nesta ocasião, o foco é na cerveja e nas comidas tipicamente alemãs.

A festa acontece no pavilhão de eventos, localizado no centro da cidade.

E, apesar de não ser obrigatório, um típico traje alemão vai fazer você se misturar na multidão! (não resisti à rima!)

Além de muita comida e bebida boa, a festa é animada com muita música, desfiles e apresentações de grupos folclóricos (alemães, claro!).

 

Apaixonada pelo modelito da simpática atendente do Wunderwald!

 

A Osterfest é a maior festa de Páscoa da América Latina e acontece de fevereiro a abril, sempre de quinta a domingo.

Um dos destaques da festa é a Osterbaum, que em 2017 entrou para o Guinness Book como a maior árvore de Páscoa do mundo.

Ela é toda decorada com cascas de ovos de verdade, pintados à mão.

Em 2019, Pomerode lançou outra atração gigantesca: um ovo de Páscoa de 15 metros de altura.

Uma pena que ele não é feito de chocolate! E que eu só tenha conseguido vê-lo desmontado!

No mês de julho, acontece o Festival Gastronômico de Pomerode.

O Parque Municipal de Eventos de Pomerode se transforma em uma enorme praça de alimentação (no melhor sentido da palavra!).

 

 

O evento traz receitas criadas exclusivamente para a ocasião, pelos melhores restaurantes da cidade, juntamente com dezenas de pratos já consagrados pelo público.

E, finalmente, no mês de dezembro, a cidade se enfeita para celebrar os costumes natalinos dos descendentes de alemães em Pomerode. Se for como o Mercado de Natal em Colônia , que eu pude conferir na Alemanha, deve ser um sonho!

 

Principais atrações de Pomerode

 

  1. Rota do Enxaimel
  2. Rota do Imigrante
  3. Osterfest
  4. Osterbaum
  5. Festa Pomerana
  6. Passeio Pomerano
  7. Zoológico de Pomerode
  8. Cervejaria Schornstein
  9. Museu e Casa do Imigrante
  10. Fábrica de Chocolates Nugali
  11. Portal Turístico Sul
  12. Pórtico do Imigrante
  13. Restaurante Wunderwald
  14. Parque Municipal de Eventos de Pomerode
  15. Paraíso Enxaimel Mundo Antigo

 

A Rota do Enxaimel

 

A Rota do Enxaimel é uma estradinha de 16 quilômetros, que concentra 53 casas construídas em estilo enxaimel, um estilo de construção trazido pelos imigrantes alemães.

Essa rota detém a maior concentração de casas em estilo enxaimel fora da Alemanha, motivo pelo qual foi tombada pelo IPHAN (Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

 

Casa Radunz na Rota do Enxaimel em Pomerode

 

No ano de 2021, a rota foi reconhecida pela OMT (Organização Mundial do Turismo) como uma das Melhores Vilas Turísticas do Mundo.

Muitas das casas são residenciais. Algumas são abertas à visitação.

Alguns destaques da rota que podem ser visitados são a Casa Radünz, a propriedade da Família Siewert e o restaurante Rota da Truta.

Na Rota do Enxaimel, você também encontra a fábrica de chocolate da Nugali.

Além da loja de varejo, você pode fazer o Tour do Chocolate, uma experiência sensorial deliciosa!

E, finalmente, você pode finalizar o seu percurso, degustando as cervejas artesanais do Alfred, no Restaurante e Choperia Currywurst.

 

 

A Rota do Imigrante

 

De caráter mais comercial, a Rota do Imigrante apresenta vários estabelecimentos se você deseja fazer compras.

Ou, ainda, se você quiser conhecer uma faceta mais moderna deste pacato, mas bem desenvolvido, município com forte influência alemã.

Um dos destaques da rota é o Camping do Manga, que surgiu de um bar super descolado e no maior estilo Rock & Roll e que hoje é uma das opções de hospedagem do município.

 

 

Continuando o trajeto, você vai encontrar o ateliê Kreativer Platz, que além de peças de artesanato super fofas, ainda oferece um jardim altamente instagramável!

 

 

Não deixe de dar uma paradinha na Doceria Rosen, onde mãe e filha produzem bolachas artesanais deliciosas!

 

 

A Rota também tem espaço para tour etílico! No Alambique Enxaimel são produzidos diferentes tipos de aguardente de excelente qualidade e que, certamente, agradam os apreciadores do gênero.

 

 

A Loja da Karsten também é parada obrigatória! Não só pela vasta coleção de cama, mesa e banho, mas pela decoração, que deixa a gente doida pra levar tudo pra casa!

 

 

Se você quiser fazer uma pausa e, ao mesmo tempo, aproveitar para conferir a farta culinária alemã, o Restaurante Wunderwald é o seu endereço certo!

Considerado uma das melhores e mais importantes opções gastronômicas da região, traz em seu menu o joelho de porco à pururuca e o marreco recheado.

Se você viaja com crianças, não deixe de conhecer a loja de roupas infantis Kyly.  Além de peças lindas (e com ótimos preços), ali existe uma sala de cinema.

 

 

Através de uma experiência de realidade virtual,  é possível conhecer todo o processo de fabricação de uma roupa, desde o plantio do algodão até a peça pronta para o consumidor. Bem interessante!

 

 

E, finalmente, se você é fã de artesanato de qualidade, a Holz & Stoff é um encanto! Lá você encontrará peças lindas e exclusivas confeccionadas em madeira em tecido.

 

Passeios gratuitos em Pomerode

 

Você vai encontrar muitas coisas para fazer em Pomerode sem gastar um centavo. Além disso, a maioria das atrações têm um preço bem acessível.

A cidade conta com dois portais turísticos que são super instagramáveis!

O Pórtico do Imigrante está localizado no acesso para quem vem pela SC-416 (divisa com Jaraguá do Sul).

 

Pórtico do Imigrante na entrada Norte de Pomerode

 

Enquanto que o Portal Sul é o acesso para quem vem pela SC-418 e faz divisa com Blumenau.

Neste último, você encontrará um centro de informações aos visitantes. Aproveite para pegar um mapa turístico de Pomerode, que inclui a Rota do Enxaimel.

 

Portal Turístico Sul de Pomerode

 

No centro da cidade, você encontrará vários pontos turísticos que também são 0800, como a Praça Torgelow, o Teatro Municipal de Pomerode e a Cervejaria Schornstein.

A loja de velas artesanais Guenther também merece uma visita. Além da enorme variedade de velas perfumadas, a loja conta com duas salas temáticas: uma de Páscoa e outra de Natal. Então é, praticamente, uma exposição de artigos das datas mais emblemáticas da cidade.

 

 

Ainda no centrinho está o Passeio Pomerano, uma gracinha de centro comercial cheio de opções gastronômicas e lojinhas descoladas.

Já fora do centro há, também, o Museu do Marceneiro e o Memorial da Porcelana Schmidt que, por falta de tempo, não consegui visitar.

Na Rota do Enxaimel, você poderá visitar várias das casas sem gastar nada.

Logo no início da rota, está localizado o Museu Casa do Imigrante Carl Weege. Se você gosta de mergulhar nas memórias e histórias dos lugares que visita, essa é uma parada imperdível!

 

 

A casa da Família Siewert também é outra parada que não requer ingresso. Apesar de não haver visita interna, você pode conhecer uma pequena parte da propriedade e conversar com os membros da família.

 

 

Passeios temáticos em Pomerode

 

Pomerode é um destino que pode ser visitado de bicicleta. Se você é entusiasta deste gênero de viagem, vai encontrar ciclofaixas na região central da cidade e estradas tranquilas de interior.

É possível, também, percorrer a Rota do Enxaimel a pé. Eu, que já fiz parte do Caminho de Santiago, fiquei doida para percorrer os 16 quilômetros de extensão desta rota turística.

Agora, se você é do tipo que prefere o conforto das quatro rodas, tudo bem. Esta valendo! Neste caso, minha sugestão é embarcar na Gertrudewagen!

 

 

A bordo de um Toyota Bandeirante customizado e na companhia do guia turístico Sr. Silvio Bodenmuller, você conhecerá os principais atrativos do centro de Pomerode a da Rota do Enxaimel com conforto, segurança e com narrativas que farão toda a diferença para uma imersão total na cultura alemã!

 

Onde se hospedar em Pomerode?

 

Apesar de pequena e pacata, Pomerode tem uma vasta seleção de hospedagens que vão desde camping até pousadas e hotéis bem charmosos.

Nesta minha ida à cidade, fiquei hospedada no Hotel Bergblick e foi uma estadia bem gostosa e confortável. Conto tudo sobre a experiência em outro post aqui do blog.

A bela propriedade, que pertence à família há 28 anos, é comandada por Eliana Czaschke, que cuida pessoalmente de todos os detalhes para garantir uma estadia tranquila e confortável.

 

 

Sua localização é privilegiada: no alto de uma colina e a cerca de dois quilômetros do centrinho da cidade.

O hotel conta com 16 acomodações no total: metade na construção principal e mais oito chalés, perfeitos para quem viaja com crianças e animais de estimação!

 

Onde comer em Pomerode?

 

O que não faltam são opções gastronômicas em Pomerode! E, apesar de a culinária alemã ser um traço marcante da região, há restaurantes para todo o tipo de paladar.

Só consegui conhecer os dois restaurantes: o Rota da Truta e o Wunderwald, que eu já havia citado anteriormente.

 

 

Entretanto, como eu fui ao Festival Gastronômico de Pomerode três noites seguidas, pude conferir pratos dos 12 restaurantes participantes. Assim, já me sinto uma verdadeira expert nos menus pomerodenses! Hehehe!

Então, aqui vai a lista completa dos restaurantes presentes no evento deste ano:

  • Funiculì Funiculà
  • Biergarten Pomerânia
  • Mon Cheri Bistro
  • Currywurst
  • Pop Up Burger
  • Bierwein
  • Bistrô D’Ccília
  • Wox Food
  • Torten Paradies
  • Baracchetta
  • Schornstein Kneipe
  • Bayern Grill

Outras iguarias que não podem ficar fora da lista, são as ma-ra-vi-lho-sas sobremesas da Pousada Edelweiss, localizada na Rota do Imigrante.

No lindo salão de refeições da propriedade, degustei uma apfelstrudel (autêntica torta de maçã alemã) que estava, simplesmente, de comer rezando! E para acompanhar, uma cuca de banana fresquinha!

 

Agradecimentos

 

Juntamente com as amigas blogueiras Olivia e Daniela, autoras dos blogs de viagem Olivia Garimpando Por Aí e Viajando com Daniela Cascardo, tive a oportunidade de conhecer Pomerode.

A viagem contou com o apoio da AVIP (Associação Visite Pomerode) e de diversos empresários da Rota do Enxaimel, da Rota do Imigrante e do centro.

Mas, como um destino não é feito somente de lugares bonitos e atrações emblemáticas mas, também de pessoas acolhedoras, generosas e hospitaleiras, eu gostaria de deixar meus sinceros agradecimentos à Eliana, que nos recebeu com tanto amor em sua “casa”  e à Rejane por todo o suporte e carinho com que nos recebeu.

Trouxe lembranças lindas de Pomerode, um destino que estava na minha lista de desejos há anos e que se mostrou tudo o que eu imaginava e muito mais. Contando os dias para a próxima visita!

 

A acomodação perfeita para a sua viagem, você encontra aqui:

2 thoughts on “O que fazer em Pomerode – Santa Catarina?”

  1. Foi ótimo ler seu texto e relembrar nossa viagem tão bacana, pelas histórias, pelas pessoas que conhecemos e pela nossa parceria (de nós três) sempre tão divertida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.