Mini Cruzeiros são uma excelente alternativa se você está embarcando pela primeira vez nesta modalidade de turismo. Conheça as vantagens e desvantagens de um curto período em alto-mar.

É inegável que viagens de navio dividem opiniões. Tem quem adore este tipo de turismo. E tem quem olhe com ressalvas, mesmo sem nunca ter feito.

Eu sou do tipo de pessoa que gosta de experimentar antes de julgar, qualquer que seja o tipo de viagem ou de destino.

Então, escuto o relato das pessoas, mas procuro ir em busca das minhas próprias experiências.

Assim, há mais de dez anos resolvi fazer o meu primeiro cruzeiro. De lá pra cá, já tive a oportunidade de conhecer mais de dez navios, de diferentes companhias.

De modo que posso dizer que independentemente da duração do cruzeiro, viajar de navio será uma experiência inesquecível!

 

Navio de cruzeiro Costa Mediterranea

 

Mini Cruzeiros: um porto seguro para sua primeira vez

 

Se você nunca viajou de navio, pode ser que sinta alguma insegurança na hora de optar por este tipo de viagem.

Afinal, tem gente que reclama que enjoa, ou que se sente desconfortável com o balanço do navio.

Ou ainda, quem se sinta um pouco preso, durante os deslocamentos entre um porto e outro, entre tantos outros relatos.

Neste caso, mini cruzeiros são perfeitos para você descobrir se este tipo de turismo combina com você, pois é muito melhor descobrir em um cruzeiro de 3 ou 4 dias, do que em um cruzeiro de longa duração.

Confesso que eu sou do tipo que fica facilmente enjoado em uma viagem de carro ou de ônibus. E, no entanto, eu fico muito tranquila, não sinto qualquer desconforto e às vezes até esqueço que estou em um navio.

Exceto pela ocasião em que fiz a travessia da Europa para a África, pois no mar aberto (dependendo das condições climáticas), o balanço pode ser inevitável.

Entretanto, deslocamentos pelo Mar Mediterrâneo ou pela costa brasileira costumam ser bem suaves e imperceptíveis.

 

Mini Cruzeiros: a concretização das férias dos sonhos

 

Eu costumo brincar que um dos motivos pelos quais eu amo viajar de navio é porque eles funcionam como um resort itinerante. Tudo é feito para você se divertir e relaxar!

Além disso, eles conseguem reunir uma gama de destinos e atividades diferentes sem a canseira dos deslocamentos.

Você dorme em um destino e acorda em outro, sem ter que fazer e desfazer malas, entre outras vantagens!

E, por falar em vantagens, neste post explanarei sobre as que eu considero as mais relevantes quando o assunto são os mini cruzeiros.

E depois de terminar a leitura deste post, eu lhe convido a conferir o Guia de Cruzeiros para Marinheiros de Primeira Viagem, uma verdadeira “cartilha” para lhe ajudar a ingressar neste universo de viagens marítimas!

 

Relação custo-benefício

 

Como os mini cruzeiros oferecem um itinerário de duas a cinco noites, eles normalmente são bem mais baratos do que um cruzeiro convencional (que dura de 6 a 8 noites).

Assim, eles podem ser uma maneira econômica de viabilizar o sonho de viajar de navio, se o seu orçamento for restrito.

Ainda mais se você pretende adquirir um pacote de bebidas, por exemplo, pois o valor aumenta proporcionalmente ao número de noites.

As excursões também acabam pesando no custo final de um cruzeiro, pois elas são pagas à parte. De maneira que com um itinerário mais enxuto, sua despesa será menor.

 

Otimização do tempo

 

Pode ser que o seu grande problema ao organizar uma viagem seja o tempo (ou a falta dele!).

Os mini cruzeiros podem ser uma excelente alternativa para viver uma experiência inesquecível em um curto período, já que é possível aproveitar um feriado ou um final de semana prolongado.

Talvez seja por isso que eles se tornaram uma das modalidades mais populares de turismo do mundo.

 

Acesso às instalações dos meganavios

 

Independentemente do número de dias do seu itinerário, ao adquirir pacotes de cruzeiros você vai ter a chance de desfrutar de tudo o que o navio tem a oferecer.

A programação de entretenimento em um cruzeiro é intensa. E como ela é distribuída nos vários ambientes de cada embarcação, você tem a chance de conhecer um navio de cabo a rabo (literalmente!).

 

 

Algumas atividades já estão incluídas no pacote de cruzeiro. É o caso dos shows no teatro, das aulas de dança, dos jogos e das brincadeiras coletivas, só para citar alguns exemplos.

E claro que as áreas de lazer e esportes, como as piscinas e a academia, também estão disponíveis sem custo extra.

 

 

Além disso, a chance de conhecer (e apostar) em um cassino, também é um grande diferencial dos cruzeiros. Ainda mais porque cassinos são proibidos no Brasil.

E mesmo que você embarque em um mini cruzeiro que navegue pela costa brasileira, vai poder desfrutar deste entretenimento, já que em trânsito (entre um porto e outro), a atividade torna-se legal.

 

 

Acesso a excelente gastronomia

 

Tanto faz se você adquiriu um pacote de mini cruzeiro ou de um cruzeiro convencional. Você terá acesso a variadas experiências gastronômicas, já incluídas no valor que você pagou.

Então, desde o farto café da manhã (que atende aos hábitos de múltiplas culturas) até a hora de dormir (ainda que você seja do tipo que vara a madrugada), haverá comida disponível.

É certo que a refeição mais esperada por todos é o jantar. Afinal, é o momento de relaxar, colocar uma roupa bonita e desfrutar de uma refeição mais requintada e com todos os “courses”.

 

 

Então, desde a entrada, passando pelo prato principal e finalizando com a sobremesa, você vai saborear um menu diferente a cada dia. E com direito a jantares temáticos, como a Noite Italiana (nos navios de empresas desse país).

 

 

Uma coisa é certa: você vai comer muito bem e sem precisar se preocupar com uma conta alta no fim do cruzeiro.

Somente se você optar por um dos restaurantes temáticos (comuns em todos os navios), pagará à parte.

Contudo, a oferta de opções é tão ampla, que você só pagará a mais se fizer questão de algo muito exclusivo.

Agora, um detalhe importante: bebidas são sempre pagas no almoço e no jantar. No café da manhã, você terá chá, café e sucos disponíveis nas máquinas self-service.

Água potável, também fica disponível nas máquinas do buffet o dia inteiro.

Contudo, cafés mais elaborados, sucos naturais, bebidas gaseificadas e alcoólicas são todas pagas à parte.

Então, eu sempre prefiro adquirir um pacote de bebidas de acordo com a minha preferência para beber à vontade por um preço fixo e sem surpresas no final da viagem.

 

 

Hospedagem com conforto

 

Qualquer grande navio de cruzeiro dispõe de diferentes tipos de acomodação. Elas vão desde as cabines internas, passando pelas externas, as que possuem varanda e, finalmente, as suítes de luxo.

 

cabine externa MSC Cruises em mini cruzeiro

 

E é claro que os preços podem variar consideravelmente entre elas. Assim, os mini cruzeiros podem ser extremamente vantajosos neste sentido, pois podem lhe oferecer a oportunidade de desfrutar de uma cabine melhor sem gastar tanto.

 

Cabine de cruzeiro com varanda em navio MSC Cruises

 

Mini cruzeiros: quando e onde embarcar?

 

Uma grande vantagem das viagens de cruzeiro é que elas podem ser feitas o ano inteiro, com a única diferença dos portos disponíveis para embarcar.

A maioria das empresas costuma deslocar seus navios para determinados destinos, a depender da época do ano.

 

Cruzeiros pela costa brasileira

 

Os cruzeiros marítimos pela costa brasileira costumam ocorrer de dezembro a abril, que correspondem aos meses mais frios no Hemisfério Norte.

Os portos brasileiros mais movimentados para embarque e desembarque são os do Rio de Janeiro e o de Santos.

Os itinerários mais populares costumam durar de 2 a 7 dias, mas há algumas opções mais longas.

As duas datas mais procuradas (e, também, as mais caras) são, sem dúvida, o Réveillon e o Carnaval. Entretanto, são as mais badaladas.

Porém, qualquer que seja o período que você escolher, vai ser diversão na certa.

Em fevereiro de 2020, logo depois do Carnaval, eu embarquei em um mini cruzeiro de 3 dias, saindo do Rio de Janeiro.

Apesar de ter sido curtinho (e de estar um tempo nublado quando paramos em Ilhabela e Ilha Grande), eu me diverti muito.

Foi o cruzeiro mais animado que eu fiz na vida. Talvez pela imersão na nossa música, na nossa cultura, mas sei que foi muito especial. Eu não vejo a hora de poder voltar a navegar novamente pelo Brasil.

 

Mini Cruzeiros pela Europa

 

Os cruzeiros pela Europa costumam habitar o imaginário de qualquer entusiasta desta modalidade de turismo.

Afinal, quer melhor maneira de se deslocar pela Europa sem precisar se preocupar com reserva de hospedagem? E ainda com a possibilidade de conhecer vários destinos de uma só vez?

Já fiz vários cruzeiros pelo Mar Mediterrâneo e posso dizer, sem sombra de dúvida, que eles são imbatíveis quanto à calmaria das águas. Se você não olhar para aquele marzão, que parece não ter fim, até se esquece que está navegando.

Além disso, alguns portos de cruzeiros são tão imperdíveis que escolhê-los como ponto de embarque e desembarque pode ser uma ótima ideia para explorar melhor aqueles destinos.

Entre todos os portos europeus que já conheci, os meus preferidos para iniciar um cruzeiro são Barcelona e Veneza.

Tanto pela facilidade de acesso ao porto marítimo, quanto pela gama de atrativos que ambas oferecem.

 

Cruzeiro pelo Mar Mediterrâneo com parada em Veneza

 

A partir de Barcelona, embarquei em um mini cruzeiro de 4 noites e tive a oportunidade de conhecer Ibiza, Marselha e Savona.

Foi uma viagem relativamente barata e com a mesma boa experiência que eu teria em um cruzeiro de maior duração. Apenas com a vantagem de não ter precisado dispor de mais tempo e dinheiro.

Então, uma boa alternativa em uma viagem pela Europa, é incluir um mini cruzeiro pelo Mar Mediterrâneo. Uma forma eficiente e econômica de conhecer várias cidades diferentes e de poder se hospedar em um “hotel” 5 estrelas!

 

Mini cruzeiros: tudo o que é bom dura pouco!

 

Em algum momento da sua vida você já deve ter dito ou ouvido que “tudo o que é bom dura pouco”.

E em se tratando de cruzeiros, especialmente os de versão mini, é muito provável que você concorde com esta máxima.

Então, talvez a grande (e única, na minha opinião) desvantagem de um mini cruzeiro seja sua duração.

Como os navios são muito grandes e oferecem muito entretenimento, talvez em um cruzeiro curto, você não tenha tempo o suficiente para desfrutar de tudo o que estes mega-hotéis flutuantes têm a oferecer.

Além disso, a cada parada em um porto de cruzeiro, você terá atrações emblemáticas que, muito provavelmente, você vai querer visitar.

 

Cruzeiro pelas Ilhas Gregas com parada em Santorini

 

Minha opinião sincera: eu sempre acho que o cruzeiro foi curto e que eu gostaria de ficar mais. Independentemente do número de noites do meu itinerário!

Além disso, assim que eu desembarco de um cruzeiro, já estou pensando no próximo. Destinos não faltam. Navios cada vez mais modernos e cheios de entretenimento também não.

E acredite: depois do primeiro cruzeiro, você vai sonhar com uma próxima viagem, seja em um navio inédito, ou não!

 

 

Este é um post patrocinado. Entretanto, todas as opiniões e impressões expressam genuinamente a minha experiência com este tipo de turismo.

 

A acomodação perfeita para a sua viagem, você encontra aqui:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.