8 Comentários

É certo que Orlando atrai o turista brasileiro por ser um destino de parques temáticos e compras. Entretanto, há muito mais a se conhecer nesta parte dos Estados Unidos! Estique suas férias e conheça também as principais cidades turísticas do Oeste da Flórida.

Píer de Naples, uma das cidades turísticas do oeste da Flórida

 

Não há como negar que a grande oferta de parques temáticos da Flórida (e a cotação do dólar nas alturas!) acaba enxugando o roteiro fora do circuito turístico tradicional.

E, de fato, mesmo com um planejamento de uma semana, perambular pelos parques da Disney e da Universal sempre deixa um gostinho de “quero mais”.

Sei disso, pois em 2007 tive a chance de fazer uma viagem em família com o intuito exclusivo de aproveitar os parques e, ainda assim, faltou coisa pra ver!

 

 

Mais de 10 anos depois, voltei à Flórida, com um intuito completamente diferente. A ideia era visitar meu filho que, na época, estudava em Fort Myers, uma das cidades da Costa Oeste.

Foi aí que pude conferir uma faceta bem distinta do estado mais meridional dos Estados Unidos.

 

O que saber antes de ir para a Flórida?

 

Bom, antes de mais nada, preciso confessar que não conheço tanto dos Estados Unidos quanto gostaria e que minha experiência se restringe aos estados do Texas, de New York e da Flórida.

Contudo, se eu tivesse que fazer uma análise superficial e panorâmica, eu diria que para nós, brasileiros, o mais fácil de visitar deles é, sem dúvida, a Flórida.

Isto porque além de ter aquele clima quente, bem parecido com o nosso, a comunicação também tende a ser tranquila.

 

 

Afinal, apesar de a língua oficial ser o Inglês, o Espanhol é muito utilizado no estado (principalmente em Miami!), o que facilita a vida de um fluente falante de Portunhol!

Dirigir na Flórida também é muito fácil. Ainda mais para quem está acostumado com grandes centros urbanos, como Rio ou São Paulo.

Finalmente, a quantidade de brasileiros e latinos de diversas origens faz com que a gente se sinta em casa.

 

O que conhecer na Flórida além de Orlando e Miami?

 

Antes de mais nada, é preciso dizer que a Flórida é um estado bem grande: sua área total compreende cerca de 170 mil quilômetros quadrados.

Além disso, só de praias, o estado possui 2.173 quilômetros de extensão. Assim, é de se esperar que a grande massa de turismo se concentre nas cidades onde os principais atrativos estão localizados.

Miami, capital do estado, é sem dúvida a porta de entrada principal para a maioria dos turistas estrangeiros.

Principalmente, em decorrência de seu aeroporto internacional e de seu porto marítimo, de onde partem os cruzeiros com destino às Bahamas e ao Caribe.

Orlando também conta com um grande aeroporto internacional, muito movimentado por conta de ser o mais próximo para quem pretende desfrutar dos parques temáticos.

Assim, é de se esperar que Miami e Orlando figurem no topo da lista dos destinos mais procurados da Flórida.

Contudo, tanto a costa leste quanto a costa oeste da Flórida possuem uma ampla gama de cidades turísticas que podem ser um ótimo complemento para a sua viagem.

 

 

Cidades Turísticas da Costa Oeste da Flórida

 

Menos visitada do que a Costa Leste da Flórida, a Costa Oeste também tem seus atrativos. Meu palpite é que ela acaba sendo um pouco ignorada pelos turistas em geral porque fica um pouco distante para quem vai com o propósito de aproveitar os parques temáticos.

Além disso, fica mais longe ainda para quem está em Miami. Afinal, por que cruzar a Flórida para conhecer praias, quando se tem tantas opções mais próximas?

Para você ter uma ideia de localização, a Flórida é uma península cercada pelo Oceano Atlântico ao sul, ao leste e ao oeste.

Portanto, é muita concorrência entre as cidades de praia e algumas, seja pela facilidade de acesso ou por outros atrativos, acabam sendo mais procuradas.

Consequentemente, vão ganhando fama e atraindo mais turistas, especialmente os internacionais.

Então, a impressão que eu tive é que as cidades turísticas do oeste da Flórida acabam atraindo mais os turistas americanos mesmo, oriundos dos estados mais frios ou interioranos. O turismo nesse litoral me pareceu menos massificado.

Durante a minha estadia de duas semanas, tive a oportunidade de conhecer 5 cidades e 2 ilhas da costa Oeste e farei um breve resumo dos atrativos principais de cada uma:

  • Clearwater
  • St. Petersburg
  • Sarasota
  • Fort Myers
  • Naples
  • Sanibel Island
  • Captiva Island

 

Clearwater

 

De todas as cidades turísticas do Oeste da Flórida, Clearwater foi, na minha opinião, a que proporcionou a melhor experiência de praia.

Com excelente estrutura de banheiros, chuveiros e com cadeiras e tendas para alugar.

A água do mar quentinha, cristalina, sem uma onda sequer. Uma praia muito tranquila e gostosa, especialmente se você viaja com crianças.

Inclusive, Clearwater é a cidade litorânea mais próxima se você está acessando a Costa Oeste da Flórida a partir de Orlando, sendo o ponto mais ao norte da rota pé de areia.

A praia de Clearwater tem um calçadão super agradável e perfeito para uma caminhada.

 

 

Um passeio bem interessante se você for pernoitar na cidade é fazer um mini cruzeiro para assistir ao pôr do sol a bordo de um dos barcos que partem da marina da cidade.

 

 

Eu comprei o ingresso no site do GetYourGuide, parceiro do blog, e amei a experiência! Foi muito especial e relaxante ver o sunset no Golfo do México!

Se você também quiser fazer o Clearwater Sunset Celebration Cruise, é só adquirir o seu ingresso sem custo adicional pelo link do Turista FullTime e, de quebra, dar aquela forcinha pro blog da amiguinha!

 

St. Petersburg

 

Seguindo a rota das cidades turísticas do lado Oeste da Flórida em direção ao Sul do estado, você vai chegar a St. Petersburg, que também tem muito mais a oferecer do que só praia.

Eu fiquei hospedada no Page Terrace Beach Front,  um hotel pé na areia localizado em Treasure Island, bem perto de St. Pete Beach.

 

 

Gostei muito de conhecer a cidade, embora não tenha conseguido entrar no mar, porque estava acontecendo o fenômeno conhecido como maré vermelha. Você já ouviu falar a respeito?

Pois bem, a maré vermelha ocorre quando há um crescimento excessivo de algas presentes no plâncton marinho.

É fácil perceber porque ele provoca manchas escuras na água, que podem ser não só vermelhas, mas marrons, alaranjadas e roxas.

 

 

De modo que, apesar de ser um fenômeno natural, essas algas são tóxicas e não é aconselhável entrar no mar, daí que fiquei só na vontade…

Por outro lado, tive tempo de sobra para visitar o Museu Dalí, que é imperdível, mesmo que você nem seja tão fã do artista. A arquitetura do prédio é incrível.

A área externa, de frente para uma marina e com um amplo calçadão, complementa a experiência.

 

 

Sarasota

 

Apesar de ter lido que Sarasota tem praias de areias brancas e águas cristalinas, não vou poder dar a minha opinião sobre este assunto.

De qualquer forma, Sarasota é uma referência entre as cidades do Oeste da Flórida, por sua cena artística e cultural. Além da famosa Opera House, há teatros e muitas galerias de arte na cidade.

Infelizmente, fiz um bate e volta de Fort Myers somente para almoçar com uma conhecida e conhecer o  impressionante Museu do Ringling Circus.

 

 

Naples

 

De todas as cidades turísticas do Oeste da Flórida por onde passei, sem dúvida, a mais elegante é Naples. As casas são cinematográficas (ouvi dizer que até a Oprah tem uma casa lá!) e a cidade toda é lindíssima.

Naples tem a própria 5th Avenue (Quinta Avenida), extremamente chique, com lojas de roupas sofisticadas e restaurantes de alta gastronomia.

 

Centro de Naples, uma das cidades turísticas do oeste da Flórida

 

O píer de Naples também é famoso e muito clicado pelos turistas. Ele dá acesso à praia através de uma escada.

A praia de Naples tem uma estrutura excelente, com banheiros bem limpos, chuveiro e até com coletes salva-vidas disponíveis gratuitamente para crianças. Coisas de primeiro mundo!

Naples também é famosa como um destino para amantes de golfe. Isso explica muito da sofisticação das casas e do comércio de uma maneira geral.

 

Píer de Naples, uma das cidades turísticas do oeste da Flórida

 

Fort Myers

 

A escolha de Fort Myers como meu destino de viagem não teve motivação turística, já que meu filho morava lá por conta da universidade. Então, qualquer que fosse a cidade, ela seria a minha base.

Contudo, é preciso reconhecer que apesar de não ser a escolha mais óbvia entre os turistas comuns, a cidade é bem estruturada e mostra bem o estilo de vida do floridense padrão.

Grandes e largas avenidas cortam a cidade. Os centros comerciais, normalmente, oferecem vários tipos de serviços e lojas em uma área ampla e com estacionamento abundante e gratuito.

O trânsito é organizado e flui bem. Enfim, Fort Myers reúne todas as características de uma cidade de médio porte americana.

Aliás, por conta da Florida Gulf Coast University, um grande centro educacional da região, a cidade é vibrante e com um astral bem jovem.

 

Praia de Fort Myers no lado Oeste da Flórida

 

Suas praias não tem aquele vuco-vuco das mais badaladas e conhecidas, o que é muito bom se você quer curtir um dia ao ar livre com paz e tranquilidade.

Em termos turísticos, Fort Myers é fraquinha, mas se você gosta de História, dá para visitar a casa que pertenceu a Thomas Edison e Henry Ford e que foi transformada em museu.

 

Ilhas Sanibel e Captiva

 

Centenas de ilhas compõem o cenário da Costa oeste da Flórida, mas chegar à grande maioria delas só é possível de barco.

Sanibel é uma ilha facilmente acessada por Fort Myers através de uma ponte que, por conseguinte, também dará acesso à ilha de Captiva do mesmo modo.

Na verdade, as duas ilhas são como se fosse uma só. Apenas com um detalhe de que é preciso percorrer uma ponte para chegar de um lado a outro.

 

Sanibel Island localizada no Oeste da Flórida

 

De qualquer forma, eu notei uma grande diferença entre as duas ilhas. E confesso que não gostei de Captiva.

A infraestrutura de Sanibel é muito melhor, assim como a oferta de restaurantes e lojas.

Um dos grandes destaques turísticos da ilha é a Lighthouse, um antigo farol que data do ano de 1884. Não é possível visitá-lo por dentro, mas é interessante de conferir, pois ele ainda funciona.

 

 

Existe um estacionamento a uma curta distância a pé do farol e que também dá acesso à praia.

No local, há uma pequena estrutura com banheiros bem limpos, bebedouros e chuveiros.

 

Expandindo o roteiro original

 

Quando a gente começa a planejar uma viagem, normalmente, já tem um destino famoso em mente e muitas vezes acaba deixando pouca margem para inclusões que poderiam ser bem interessantes.

Por exemplo, ao começar um esboço para uma viagem à Espanha, a tendência é focar em Madri ou Barcelona , embora ambas sejam próximas de cidades incríveis e que merecem uma visita.

A Adelaide Pereira, do blog Turista Imperfeito, escreveu sobre duas possibilidades de bate e volta a partir de Madri que eu, já tendo visitado a capital espanhola três vezes, só consegui fazer um deles.

A Costa da Ligúria é outro destino incrível e que tem grande parte de sua fama atribuída às Cinque Terre, sobre as quais já falei em outro post aqui do blog.

Entretanto, há outras lindas cidades turísticas para se conhecer na região, como descreveu Gisele Prosdocimi em seu blog Destinos Por Onde Andei.

O Brasil também está cheio de lugares imperdíveis e que vão muito além dos destinos óbvios. É o caso do estado de Alagoas que tem, sim, Maceió e Maragogi, mas que tem, também, Marechal Deodoro e São Miguel dos Milagres, como nos apresenta Lilian Azevedo, em seu blog Uma Senhora Viagem.

No Norte do Brasil, e expandindo o destino certeiro de Belém do Pará, que tal conhecer Alter do Chão, Santarém e Salinópolis?

Os três nomes podem não pipocar imediatamente em sua lista de desejos, mas podem se tornar lembranças de viagem maravilhosas.

A Olivia, autora do blog Olivia Garimpando Por Aí, passou uma temporada explorando essas cidades paraenses e descreve com entusiasmo as possibilidades desses três destinos.

Enfim, o que eu quero dizer é que é muito legal visitar as cidades mais famosas e emblemáticas mas, às vezes, as melhores surpresas vêm justamente dos destinos menos massificados.

 

Minha experiência no Oeste da Flórida

 

Como eu mencionei logo no início do post, meu objetivo ao visitar a Costa Oeste da Flórida não era fazer turismo, propriamente dito, mas conhecer o local onde meu filho morava e estudava.

Lógico que é impossível ir para um lugar diferente e não querer conhecer as coisas ao redor. Especialmente, sendo uma blogueira de viagem!

Contudo, sendo 100% honesta, percorrer o litoral do lado Oeste da Flórida não foi a experiência mais surpreendente e inesquecível que eu tive na vida.

Talvez porque eu tenha o privilégio de já morar em uma cidade que é considerada um  dos mais lindos destinos de praia do mundo (desculpa aí o meu “bairrismo” de carioca de coração!). 

Além disso, eu acho que para aproveitar uma praia você tem que estar leve. Então, a ideia de ficar pingando de cidade em cidade não faz muito o meu estilo de viajante. 

E, por último, porque uma das características de muitos destinos americanos, é a necessidade de locomover-se de carro quase o tempo todo. 

Então, qualquer ida a um restaurante ou a um ponto turístico acaba exigindo um tempo de deslocamento. E eu sou do tipo que gosta de fazer tudo a pé, de metrô e assim vai. 

Ainda assim, é preciso reconhecer que há muitos pontos positivos: a cordialidade do atendimento, o conforto dos hotéis, o capricho no preparo das refeições servidas nos restaurantes etc.

Em resumo, eu não sairia aqui do Brasil só para conhecer as cidades turísticas do Oeste da Flórida. 

Entretanto, já estando lá acho que vale a pena aproveitar para conhecer um pouco além de Tampa, Orlando e Miami.

Inclusive, estou indo para a Flórida no mês que vem e pretendo, desta vez, percorrer as cidades turísticas do lado Leste. Então, continue acompanhando o blog para saber das novidades!

 

A acomodação perfeita para a sua viagem, você encontra aqui:

8 thoughts on “5 Cidades Turísticas do Oeste da Flórida”

  1. A Florida está na minha lista há anos mas sempre deu galho. Pandemia, furação…enfim.
    Sempre pensei em dar um esticadinha aqui e acolá mas lendo o seu post talvez seja melhor enxugar o roteiro e conhecer melhor Miami e Key West, por exemplo.
    Obrigada pelas dicas sinceras!

    1. Oi, Adelaide! Muito obrigada pela leitura e pelo seu feedback, também, sincero. Sim, acho muito importante compartilhar a nossa real experiência. Claro que as pessoas têm gostos e expectativas diferentes, mas algumas coisas ficam muito evidentes. Especialmente, para quem está acostumado a morar em cidade de praia e que já não se deslumbra apenas com a combinação areia, sol e mar. É preciso um pouco mais!
      Abração!

  2. Oi,Regina
    Visitar as cidades turísticas do oeste da Flórida pode surpreender. Eu já estive em um roteiro por lá e gostei demais. Faltou Fort Myers, St. Petersburg e as ilhas. Já anotei suas ótimas dicas pois no final do ano estarei em Orlando e vamos circular pela Flórida. beijocas

    1. Oi, Lilian! Obrigada pela leitura! Vou ler como foi a sua experiência e depois vou querer saber como foi percorrer o restante da rota. Tenho certeza de que você vai desvendar muitas coisas, com seu olhar sempre apurado e seu senso de descobertas! Grande abraço!

  3. Muito legal sua experiência nestas 5 Cidades Turísticas do Oeste da Flórida, você aproveitou muito bem a oportunidade por ter seu filho estudando em uma cidade na região, e consequentemente fez um excelente guia para quem deseja conhecê-las.
    Foi da mesma maneira que conhecemos a Ligúria, na Itália, nosso filho fez intercâmbio na universidade de arquitetura de Gênova, aproveitamos para descobrir o entorno e foi maravilhoso também. Amei seu relato, parabéns!

    1. Que bom que você gostou, Gi! É… nossos pimpolhos ganham asas, mas a gente alcança os voos deles e ainda tem a chance de conhecer uns destinos que talvez não fizessem parte do topo da nossa lista.
      Gostei bastante de ter visto esse lado menos turístico da Flórida. E tenho certeza de que você também teve a oportunidade de conhecer muitas coisas com o seu filho, que numa viagem comum, talvez passassem despercebidas.
      Vamos torcer para que eles morem em muitos lugares distintos. Assim, a gente tem mais um motivo para passear por esse mundão. 😉 🤓 Grande beijo!

  4. Interessante esse seu olhar para essas 5 cidades turísticas do oeste da Flórida. Eu também, particularmente, não tinha esse interesse, mas, pode ser uma aventura nova e interessante.
    Tenho pouco conhecimento dos destinos dos EUA e vou salvar essas informações para uma viagem futura. Obrigada por compartilhar.

    1. Oi, Olivia! Muito obrigada pela leitura e pelo feedback. Eu gosto dessa ideia de visitar destinos menos óbvios. Acho que nos aproxima da vida das pessoas comuns dos lugares. Muitas vezes nos surpreendemos! 😊

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.