Sem Comentários

Depois de fazer sucesso em Los Angeles, São Francisco e Miami, o Rio Illusions, o Museu de Ilusões do Rio de Janeiro , chega à Cidade Maravilhosa, trazendo uma proposta divertida e altamente instagramável para moradores e turistas.

Museu de Ilusões: painel com vitória-régia.

 

Mundialmente famoso, e inaugurado recentemente bem ao lado do Bondinho Pão de Açúcar, o Museu de Ilusões do Rio de Janeiro oferece momentos descontraídos em um ambiente climatizado de 300 metros quadrados.

Durante a visita, você terá a chance de conferir (e, principalmente, interagir!) com lindas artes visuais, elaboradas por artistas plásticos brasileiros e internacionais.

Seguindo a tendência dos outros museus de ilusões pelo mundo, a versão carioca vem muito bem representada.

 

Museu de Ilusões: painel com os Arcos da Lapa.

 

E, apesar de trazer alguns elementos internacionais, como os pinguins da Patagônia, o foco da unidade é, de fato, o Rio de Janeiro e outros cenários tipicamente brasileiros.

 

O que esperar da visita ao Museu de Ilusões?

 

O Museu de Ilusões é composto por mais de 40 cenários, distribuídos em 7 salas. Todos eles são elaborados de maneira a proprocionar uma ilusão de ótica.

Isto significa que, apesar de a maioria deles não contar com objetos complementares, a sensação ao ver as imagens produzidas é de que havia itens verdadeiros na cena.

Agora, realmente, para aproveitar o museu é necessário entrar na brincadeira. É preciso se soltar e deixar a criança que mora dentro de você fluir. Do contrário, será uma experiência bem monótona.

 

 

Isso se deve ao fato de o Museu de Ilusões se apoiar em três pilares: Imaginação, expressão e diversão.

Do momento em que você se imagina em determinada situação e resolve agir como se aquilo, de fato, estivesse acontecendo com você, não há como ficar indiferente. É diversão na certa.

 

 

Também não vale fazer uma visita sem companhia. Afinal, a graça é ter alguém que tire fotos de e com você.

 

Museu de Ilusões: painel com os tubarões.

 

E, ao contrário do que acontece em muitos outros museus pelo mundo, no Museu de Ilusões é quase que um sacrilégio não fotografar! Fotos e flashes não só são permitidos, como fazem parte da experiência.

 

Dicas para fazer bonito nas fotos do Museu de Ilusões

 

Primeiramente, é preciso destacar que em todas as salas do museu há alguns quadrinhos com sugestões para você interagir com o cenário.

Porém, o mais legal é você se soltar e interagir ao máximo com poses e situações inusitadas.

 

Além disso, procure não tirar fotos só com as pinturas que você vê nas pareces, já que as imagens no chão complementam o cenário.

E, finalmente, procure usar as marcações do chão aproveitar o melhor ângulo para cada cenário.

 

 

 

Dicas práticas para visitar o Museu de Ilusões

Localização

 

O Museu de Ilusões não poderia ter uma localização mais privilegiada, já que sua recepção encontra-se bem ao lado da entrada do Bondinho Pão de Açúcar, na Avenida Pasteur, 520 no bairro da Urca.

 

Museu de Ilusões: entrada ao lado do Bondinho Pão de Açúcar.

 

Confira no post sobre o Bondinho Pão de Açúcar a melhor alternativa de chegar até lá.

Aliás, conciliar as duas atrações é uma ótima alternativa. Principalmente, para quem está acompanhado por crianças, já que elas adoram os cenários multicoloridos e deixam a criatividade correr solta na hora das poses!

 

Funcionamento

 

O Museu de Ilusões funciona todos os dias (inclusive, nos feriados) sempre das 9:00 às 21:00.

 

Compra de ingressos

 

Os ingressos podem ser comprados antecipadamente no site do Museu de Ilusões com dia e horário marcados.

Como o museu comporta um número aproximado de 80 visitantes por vez, comprar antecipadamente acaba sendo uma boa ideia.

Em especial nos finais de semana, pode haver fila de espera para ingressar no museu e o ingresso antecipado garante prioridade para aguardar a vez de entrar no museu.

Entretanto, é importante ressaltar que os ingressos não são reembolsáveis. Então, o melhor é só comprar antecipado se você tiver certeza de que poderá usar o ingresso no dia e horário definidos na hora da compra.

O ingresso regular custa R$66,00 (valores de fevereiro de 2020), mas há desconto de 50% para estudantes, idosos, pessoas portadoras de deficiência, entre outros. Contudo, o ingresso Carioquinha não se aplica ao Museu de Ilusões.

Para todas as informações sempre corretas e atualizadas, convém consultar o site oficial da atração.

 

Museu de Ilusões: painel com pinguins da Patagônia.

 

Infraestrutura do Museu de Ilusões

 

O museu é composto por 7 salas interativas, que podem ser visitadas sem limite de tempo.

Para conforto dos visitantes, o Museu de Ilusões disponibiliza lockers na recepção, onde poderão ser guardados volumes pequenos (sem custo adicional).

 

 

Há, também, banheiros que podem ser usados durante a visita.

 

Acessibilidade

 

A acessibildade é total no Museu de Ilusões, pois os ambientes são todos planos.

Apesar de a entrada principal do complexo ser feita através de uma escada, cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida ou, ainda, visitantes com carrinhos de bebês, poderão usar o acesso da recepção do Bondinho.

 

Escadaria Selarón na entrada do Museu de Ilusões.

 

 

Compras

Ao contrário de outras atrações cariocas, o Museu de Ilusões não possui lojinha de suvenires.

Entretanto, se você quiser levar uma lembrança da visita para casa, poderá adquirir imãs com suas imagens, feitas por um funcionário do museu.

 

 

 

Outras opções de lazer nas imediações do Museu de Ilusões

 

Além do Bondinho Pão de Açúcar, você pode conciliar uma visita ao Museu de Ilusões com outras atividades:

  • Percorrer a trilha gratuita que começa na pista Cláudio Coutinho e que vai até o Morro da Urca;
  • Aproveitar para curtir a Praia Vermelha;
  • Tomar um chopp gelado num dos bares da Mureta da Urca;
  • Visitar o Museu e Ciências da Terra (Av. Pasteur, 404).

 

 

Pitacos de blogueira

 

Honestamente, eu achei o Museu de Ilusões bem arrumadinho, interessante e divertido. Porém, acho o ingresso um pouco caro, já que a única possibilidade é tirar fotos.

Como a visita ao museu não dura mais do que 45 minutos a uma hora, poderia haver um combo “Bondinho + Rio Illusions” para ficar mais atrativo para os turistas. Ou, ainda, haver um “Pacote Família” ou “Pacote Amigos” para quem vai com um grupo maior.

Acho, também, que faltou um pouco mais de “movimento”. Poderia, por exemplo, haver música nos ambientes. Principalmente, naqueles em que há alguma alusão ao Carnaval.

Na sala em que se encontram os tubarões e a motocicleta poderia haver algum recurso sonoro. Isso, certamente, deixaria a experiência mais completa.

 

 

Agradecimentos

 

Juntamente com minha amiga Daniela, autora do blog Viajando com Daniela Cascardo, visitei o Rio Illusions, o Museu de Ilusões do Rio de Janeiro, a convite da atração.

Entretanto, apsar da cortesia, todas as opiniões e impressões expressam genuinamente a minha experiência.

 

A acomodação perfeita para a sua viagem, você encontra aqui:

Compre seus ingressos em Português e sem complicação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: