Japão: um reencontro com o passado

Sem Comentários
Visitar o Japão sempre ocupou o topo da minha lista de desejos. Não só pelo país e pela cultura em si, mas porque era a realização de um sonho antigo: conhecer a terra do meu avô materno, visitar os lugares por onde minha mãe viveu e passou, talvez encontrar com pessoas que a amaram, que lhe fizeram bem… e reencontrar meu irmão, que já não via há mais de dezessete anos… todas essas razões prometiam uma viagem inesquecível!

Categorias: Japão

Tags:

Açaí na tigela? Aqui também tem!

Uma coisa que me emociona aqui na Holanda é encontrar comida brasileira. E eu não estou falando de ingredientes de outras nacionalidades que a gente adapta pra poder fazer alguma receita nossa. Eu estou me referindo a pratos prontos, com o nosso toque brasileiro. Hoje, para a felicidade geral do verão, eu fiz uma descoberta bem legal aqui na praia mais badalada da Holanda: Scheveningen. E não foi no restaurante brasileiro que há por lá…

Os altos e baixos do verão holandês

Acordei com a mensagem do Facebook me lembrando que hoje começa (oficialmente) o verão aqui na Holanda. Pulei da cama e fui conferir como estava o tempo lá fora. Decepção total: dia feio, nublado e com temperatura por volta de 15 graus… É, mas verão por aqui tem dessas coisas… nem sempre você vai acordar com o sol brilhando lá fora! Ou com potencial para lhe arrancar o couro!

Leia mais

Palma de Maiorca: tudo o que você precisa saber!

2 Comentários
Tive a chance de conhecer esta bela ilha ao embarcar no MSC Sinfonia, em agosto de 2013, com meu marido e meus filhos. Eu já falei mil vezes que A-DO-RO a Espanha e, naturalmente, o porto de partida foi escolhido por isso. De lá pra cá, já voltei mais duas vezes para passar férias de verão e devo confessar que a cada vez, gosto mais e planejo (um dia) ir de mala e cuia… e por lá ficar!

Tot ziens, Keukenhof!

2 Comentários
Passou muito rápido… e vai deixar saudades. Amanhã, o Keukenhof fecha seus portões até a próxima primavera… Incrível, tanto trabalho, tanta dedicação dos jardineiros, dos produtores de flores, de tantas pessoas envolvidas para que o parque seja um sucesso. E ele nunca desaponta. Cada ano mais lindo, cada ano mais florido… ouso dizer, cada ano mais visitado.