Sem Comentários

Sim, eu sei. Eu deveria ter lançado a Retrospectiva 2015 no último dia do ano, de preferência antes da virada e em rede nacional. Hehehe! Não vou negar: deveria ter lançado este post no máximo e estourando no dia primeiro do ano. Mas tenho uma boa desculpa a meu favor… 

No dia 30 de dezembro, eu estava renascendo das cinzas depois de passar 12 horas em um voo noturno São Paulo/Amsterdã. No dia 31, exatamente às 5:30 da manhã, já estava de novo a caminho do aeroporto. Vida corrida de Turista FullTime

Beleza, uma das minhas resoluções de ano novo será evitar a procrastinação. Por ora, vou compartilhar com você meu resumão de viagens e passeios 2015. Junto com a promessa de continuar postando novidades ao longo de um 2016 cheio de novas experiências!

Turista FullTime e a Retrospectiva 2015

Janeiro

Para comemorar o meu aniversário, parti para as minhas andanças pela Terra da Rainha Elizabeth. Comemoração com direito aos musicais Mamma Mia Thriller, Além disso, passeei muito pelas ruas londrinas, e revisitei meus museus favoritos. O duro é que voltei pra casa com gostinho de “quero morar lá”!!!

Fevereiro

Lá fui eu desbravar partes do Oceano Atlântico nunca dantes navegados. Nossa, isso soou muito piegas! Quero dizer: pelo menos nessa rota e pelo menos por mim.

Sim, o Atlântico já era meu velho conhecido de outras praias, mas chegar ao Marrocos foi a primeira vez! A bordo do MSC Armonia, fui pingando de ilha em ilha nas Canárias e soube o que é o mar revolto. E a cabeça girando por 24 horas! Ainda assim, foi uma viagem bem legal. Com o maridão, o que mais eu poderia querer?! Entre os portos visitados, estavam as lindas Casablanca e Santa Cruz de Tenerife.

Casablanca

Santa Cruz de Tenerife

Março

“La vie est belle”… a vida é bela e a França mais ainda! A bordo do C4 turbinado da minha querida amiga Thaís – que para minha saudade está hoje nas terras do Tio Sam – fui visitar com mais duas queridíssimas – que ufa, ainda estão por aqui!!! – os Jardins de Monet, o Palácio de Versalhes e a linda Catedral de Chartres. Quatro dias de pé na estrada para quatro tagarelas de plantão… show de viagem! Inesquecível!

Palácio de Versalhes

Jardins de Monet

Catedral de Chartres

Dois eventos imperdíveis e “sagrados” do mês de Abril que eu amo conferir: a Keukenhof e o Dia do Rei… Quem estiver pela Holanda nessa época, não pode deixar de prestigiar!

Não viajei, mas aproveitei para curtir as temperaturas amenas da primavera holandesa. Adoro essa época do ano! Os dias ficam ensolarados, as flores ficam majestosas e dá um pique incrível para correr ao ar livre.

Maio é, também, o mês de um dos eventos que eu mais gosto aqui na Holanda: a tradicional Ladies Run. Esta é uma corrida que tem por princípio criar a conscientização da importância da prevenção do câncer de mama. Fora a questão de saúde da mulher, é uma oportunidade de confraternização em uma festa predominantemente cor de rosa.

Junho/Julho

Uma curta temporada de 10 dias no Brasil, para rever os parentes, os amigos e matar a saudade dos quitutes da sogrinha. Níver da minha irmã caçula, ao qual eu não conseguia comparecer há muitos anos. Foi uma viagem para deixar a alma leve e o coração arrebatado!

Níver da fofa caçula: minha “gêmea”… só que 14 anos mais nova! Hehehe…

Agosto

Mês de calor esfuziante na Europa. E mês do tradicional cruzeiro em família pelo Mediterrâneo. Dez dias de curtição com maridão e filhotes. Hora de rever a minha amada Barcelona , porto de partida das sete noites a bordo do MSC Preziosa. Show de imagens e paisagens passando por Nápoles, Civitavecchia, Cinque Terre, Cannes, e Palma de Maiorca. Foi tudo de bom!

Mas peraí… a diversão não parou por aí, não… Na segunda quinzena, engatei uma carona em uma viagem de trabalho do maridão e fui conferir Kristiansund, uma pacata cidadezinha da Noruega. Pequena, mas com um certo apelo turístico, especialmente para quem gosta de caminhadas. Foi uma ótima chance de conferir um bom bacalhau!

Charmosas casinhas por todo canto da cidade.

 Setembro

O mês chegou com tudo: agenda cheia, com lugares e propósitos completamente diferentes. Foram três destinos. Completamente diferentes. E incríveis!

Primeiro destino: Palma de Maiorca

Lá fui eu de novo perseguir o sol com o maridão a tiracolo. Destino: a velha e conhecida ilha balear, mais encantadora do que nunca. Principalmente, quando se sabe o que fazer e aonde ir. Viagem maravilhosa!

Próxima parada: Aberdeen

Na cola do marido, de novo. Ele trabalha e eu, turisto. Gosto muito de ir até lá: bons restaurantes, língua inglesa e agora descobri os encantos do teatro. O musical Dirty Dancing completou com chave de ouro a viagem!

A linda prefeitura da cidade.

A Cidade Luz é sempre inesgotável. Eu poderia morar lá por um ano que, certamente, sairia de lá sem ter visto tudo. Nesse bate e volta de fim de semana, posso dizer que a vi com outros olhos e perspectiva, ao participar da prova La Grande Classique Paris Versailles. 

Essa é uma tradicional corrida de 16km que sai da Torre Eiffel e vai até as imediações do famoso palácio. Evento imperdível para quem adora correr!

Outubro/Novembro

Okay, depois de um mês intenso de viagens (e gastos!) eu tinha que sossegar um pouco, né?! Engana-se, porém, quem pensa que eu fiquei parada. Foram muitos passeios pela Holanda. Entres eles, dois castelos maravilhosos: o Muiderslot e o De Haar.

Muiderslot: um castelo a 15km de Amsterdã!. Imperdível!

Também visitei alguns museus e, claro, um jardim japonês cuja visitação só é permitida algumas semanas por ano.

Jardim Japonês no parque Cligendael em Haia.

Dezembro

Mês de Natal e de Sinterklaas! Muita tradição a ser conferida. Não deixei o friozinho dominar a preguiça. Fui conferir os mercados de Natal holandeses em Leiden, Haia e Dordrecht e, também, um dos mais prestigiados mercados de Natal da Alemanha, na cidade de Colônia .

Uma rápida viagem ao Brasil para passar o Natal com a família e uma troca vapt-vupt de temperatura para curtir com amigos o Réveillon e a neve em Innsbruck.

E este foi o produtivo ano de 2015. Passeei muito, conheci muitas coisas diferentes e o tempo foi curto para colocar tudo em formato de posts.

Meta para 2016: continuar visitando lugares encantadores e conseguir encontrar um equilíbrio entre viajar e compartilhar. Um feliz ano novo, recheado de viagens e vivências para você, também!

Tá pensando em fazer algum desses roteiros?

Você já sabe que para todas as minhas viagens, eu uso o site do Booking para reservar os hotéis. Faço isso há muitos anos e nunca tive surpresas desagradáveis. O que talvez você não saiba é que ao fazer a reserva para a sua viagem usando qualquer caixa de propaganda deles espalhadas pelo meu site, você estará contribuindo para a manutenção do Turista FullTime.

A cada reserva efetuada por aqui, o blog recebe uma pequena comissão do site do Booking. Para você, não há diferença alguma: o preço é o mesmo. Já para mim, é uma ajuda e tanto, pois o blog não tem patrocínios e custeio do meu próprio bolso as viagens e passeios que compartilho com você.

Categorias: Vida na Holanda

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *