Sem Comentários
Hoje foi a abertura do Mercado de Natal em Dordrecht. Como eu havia estado no que é considerado o maior Mercado de Natal na Alemanha no fim de semana passado, resolvi ir conferir o que dizem ser o maior da Holanda, na cidade de Dordrecht na província de Zuid-Holland, a mesma em que eu moro.

De fato, é um mercado extenso, que ocupa algumas ruas, praças e grande parte do Nieuwe Haven (o porto novo). São ao todo 2.5km de barraquinhas espalhadas pelo centro da cidade. Tem barraquinhas para reunir a galera que quer se proteger do frio e confraternizar…

Com música ao vivo e coberto, um ótimo lugar para sentar e curtir o friozinho…

 

Para quem curte um glüwein

E para quem é louco por Stroopwafel!!!

Bem, fora as barraquinhas com diferentes ofertas de produtos, há os tradicionais comes e bebes de inverno holandês: sopa de ervilha, pannenkoeken (panquecas), poffertjes (panquequinhas doces açucaradas) entre outras coisas.

Vinho quente e comidas internacionais também pipocam aqui e ali. Confesso que esperava um pouquinho mais nesse quesito. Achei pouca variedade de oferta de comidas, no geral.

Os produtos à venda são de todos o tipos: desde artigos feitos artesanalmente até coisas industrializadas que você pode encontrar a qualquer época do ano e em qualquer lugar. Não achei muito interessante para quem vai em busca de artigos natalinos, pois quase tudo o que vi era industrializado (e, às vezes, até de baixa qualidade). Nesse ponto, o mercado de Colônia ganhou de longe…

Por outro lado, uma coisa que senti falta no mercado alemão foi a presença de grupos musicais, ou simplesmente, de música natalina sendo tocada em vários pontos do centro da cidade. Em Dordrecht, foi justamente o contrário: há palcos montados nas principais áreas e, mesmo eu tendo ido logo no começo do primeiro dia, já havia muita coisa acontecendo. A programação é bem extensa e pode ser conferida no site oficial.

 

  Quando visitar?

Esse mercado de Natal é curtinho. Só dura um fim de semana. Neste sábado, funcionará de 10:00 às 21:00 e no domingo, de 11:00 às 18:00. Então, se você quiser curtir a atmosfera natalina, vai precisar se organizar rápido. A pista de patinação no gelo, contudo, estará montada na Statenplein até o dia 3 de janeiro. Você pode, inclusive, baixar o PDF para ter a seu alcance um mapinha com tudo o que há por lá…

 O que visitar além do mercado de Natal?

Além das atrações natalinas, você pode visitar a Grote Kerk, em torno da qual há uma boa oferta de barraquinhas, e pode também conferir a Huis van Gijn, uma linda construção do século XVII, que foi passando por transformações e aquisições, até se tornar o museu que hoje podemos visitar.

O lugar é todo encantador! A cozinha, por exemplo, não mudou quase nada desde 1729. Mas não é só isso: a casa inteira é de tirar o fôlego. Isso sem contar que tem uma coleção de casinhas de bonecas e de objetos de decoração em miniatura de deixar qualquer menina (de qualquer idade) doidinha…

Aliás, o museu é tão interessante que merece um post só pra ele. Se você quiser visitar em qualquer época, a entrada com Museumkaart é grátis. Agora, se você quiser aproveitar para visitar durante o fim de semana do mercado de Natal, a entrada é grátis sem restrição. O museu fica bem no Nieuwe Haven, um dos locais da feira de Natal.  Não tem como passar despercebido!

A bela Grote Kerk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *