Sem Comentários

Hoje eu quero falar de um novo local de gastronomia aqui na Holanda: o Markthal em Roterdã… show em todos os sentidos. Bom, a primeira coisa que você nota logo ao sair da estação de trem Rotterdam Blaak é uma imensa estrutura de vidro, hiper moderna, lindíssima… planejada nos mínimos detalhes.

Sortudos os felizes moradores do local. E não estou me referindo às redondezas… A volta externa do empreendimento é forrada de apartamentos… eu não me canso de ficar boquiaberta com os holandeses. Esses caras pensam em tudo!!! Mesmo…

Do momento em que você cruza as portas giratórias que dão acesso ao markt, você passa a ter ideia da dimensão do local e de suas incontáveis possibilidades…é acometido(a), também, de uma indecisão indescritível… o que comer e onde? O que levar pra casa? E aquela sensação: tenho que voltar aqui!

Markthal (foto: Regina Oki)

A primeira vez em que lá estive, não pude perceber tudo isso: ele estava recém inaugurado e completamente abarrotado… era domingo de sol… dia sagrado pra holandesada colocar o pé na rua… incrível como eles brotam do nada!… Desta vez, numa calma segunda-feira pude conferir sem pressa tudo o que havia de bom… e há muita coisa.

Bom, vamos aos números: são 176 diferentes nacionalidades em um só lugar levando-se em conta o que você pode encontrar em termos de ingredientes. Além disso, existem muitas opções variadíssimas para comer. Só para citar alguns exemplos que não os tipicamente holandeses, você pode usufruir de tapas espanholas, pastéis de nata portugueses, lanches dos mais variados, churros, comida oriental, italiana, grega… enfim, difícil não sair empanturrado(a)!

Se você quer preparar uma receita específica, é um local perfeito: além de você poder encontrar produtos e ingredientes “exóticos”, também pode fazer suas compras regulares no subsolo. Há um amplo supermercado de uma das redes mais importantes da Holanda, o Albert Heijn (ou simplesmente, AH).

Além disso, há também uma loja de bebidas bem conceituada (Gall Gall) e uma drogaria (ETOS). Para quem mora aqui, estes três nomes são muitos familiares, já que estas redes são encontradas em qualquer vilarejo (“dorpje” em Holandês) ou bairro.

Lugar para estacionar também não é problema: há vagas de estacionamento nas ruas próximas (preço fixado pela prefeitura) e nos três andares abaixo do supermercado. Não sai muito barato, pois custa cerca de 3 euros a hora, mas você tem a comodidade de estacionar, pegar uma escada-rolante e já sair dentro do mercado.

Seja para fazer boas compras ou simplesmente para passar algumas horas agradáveis, Markthal certamente é um ponto imperdível se você estiver na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

< ?php include_once("analyticstracking.php") ?>