Sem Comentários

Há muitos anos, o mês de março traz à Holanda um festival de flores e cores… E eu não estou falando exclusivamente da Primavera. Estou comemorando a abertura do Keukenhof!

Para quem nunca ouviu falar, o Keukenhof, é um parque onde uma vez por ano acontece uma exposição diferente que presenteia os visitantes com um dos cartões-postais mais lindos deste país: as flores, aos mihões… sem exagero!
O parque, que está localizado na cidade de Lisse (a cerca de 37 quilômetros da Estação Central de Amsterdã), abrange 32 hectares de puro deleite aos nossos sentidos: são mais de 7 milhões de bulbos e 800 variedades de tulipas, distribuídos em lindos jardins, trilhas e três pavilhões de exposições.

Todos os anos, um tema é escolhido para abrilhantar essa linda festa. Este ano, o destaque vai para o período em que a Holanda enriqueceu através de seu comércio pelo mundo todo. É a chamada “The Golden Age” (traduzindo: a Era do Ouro).
Para comemorar o tema, muitas instalações são feitas, principalmente nos pavilhões, mas a estrela do evento é mesmo um mosaico de 250 metros quadrados feito ao ar livre com milhares de flores (grande parte, tulipas, obviamente).
O mosaico deste ano vai retratar o comércio através dos mares e das ricas casas que margeiam os canais de Amsterdã em um típico “azulejo” Delft Blue (aquele maravilhoso da porcelana branca e azul). Eu mal posso esperar para conferir como vai ficar essa fusão de ideias!

 

 Planejando sua visita…

Como chegar?

Esse passeio é uma ótima opção para quem está de passagem pela Holanda, por exemplo. Certa vez, conheci uma pessoa que fez a visita durante uma escala de voo. Tudo muito simples: ela deixou as malas no guarda-volumes do Schiphol (aeroporto de Amsterdã) e de lá pegou um shuttle para o Keukenhof. É possível, inclusive, comprar um tíquete combinado, que inclui a ida e a volta de ônibus, assim como o ingresso para o parque.

Se você optar pelo carro, também é muito tranquilo. Há estacionamento no local, pelo preço fechado de €6,00 (valores de 2016). No ano passado, estive lá e achei muito fácil e eficiente. Há, inclusive, funcionários para indicar onde estacionar, de modo a acomodar o maior número de carros possível.

Há, também, empresas de turismo que oferecem excursões. Não darei indicação, pois só sugiro o que já experimentei e não faço propaganda gratuita do que não conheço… acho que já comentei que não recebo patrocínio nem benefícios com o Turista Fulltime, então, só indico o que deu certo! Ou aviso o que deu errado… 🙂

Como comprar os ingressos?

A bilheteria fica aberta diariamente de 08:00 às 18:00. Nas vezes em que eu visitei o parque antes de ter um parceiro de vendas dos ingressos, comprei as entradas direto lá, sem problemas. Porém, em um final de semana ensolarado, pode ficar mais difícil, então, o ideal é comprar antecipadamente on-line.

O parque oferece o sistema de venda antecipada de ingressos, mas não há opção de idioma em Português. Comprando pelo meu parceiro Ticketbar, o preço é o mesmo e a sua compra ajuda na manutenção deste blog, assim como contribui para a realização de outros posts que podem lhe ser úteis em suas viagens e passeios.

O ingresso para adultos (de qualquer idade) custa €16,00. Para crianças de 4 a 11 anos, custa €8,00 e para crianças até 3 anos, o acesso é grátis. Importante ressaltar que os valores fornecidos (edição de 2016) podem sofrer reajustes.

Dicas Práticas

Abertura e funcionamento

O parque funcionará diariamente de 08:00 às 19:30 entre 24 de março e 16 de maio, mas atenção: não será possível comprar o ingresso depois das 18:00, pois a bilheteria estará fechada. Não dá para adiar muito a visita, já que a temporada é curta… Afinal, a Primavera também tem hora pra acabar…

Facilidades

O parque é DOG friendly… oba! Mas os pets têm que ficar de coleira e também têm de ficar fora dos pavilhões (eu me revezei com meu marido). Isso não tira a graça da visita, já que o legal mesmo é ficar ao ar livre. As exposições dos pavilhões são lindas, mas não tomam tanto tempo da visita assim!
Detalhe: cães-guia têm acesso irrestrito a qualquer ambiente.

Para pessoas com mobilidade reduzida, há empréstimo de cadeira de rodas, que pode ser solicitada antecipadamente pelo site do evento. É possível, também, solicitar uma cadeira elétrica, que neste caso é paga. No momento de pegá-la, você deve deixar €30,00 e cartões não são aceitos. O aluguel da cadeira custa €10,00 e o depósito de €20,00 lhe será restituído mediante a devolução da mesma. Esses são valores de 2016, para informações sempre atualizadas, convém consultar o site do evento.

Para crianças pequenas (de colo) há empréstimo de carrinho, mas a quantidade é limitada e não é possível fazer reserva pelo site. Então, se você quiser garantir a facilidade, melhor levar o seu, pois é possível que não haja mais disponível no momento de sua chegada. Ainda assim, se você desejar usar o serviço, basta solicitá-lo à pessoa que for conferir o seu ingresso na entrada.

Se você estiver com malas ou compras e não quiser carregá-las, o parque oferece, gratuitamente, 800 lockers (guarda-volumes).

É possível que eu esteja esquecendo algum detalhe… mas o site oferece a versão em Inglês com toda e qualquer informação necessária. Caso você não encontre o que deseja, poderá enviar um e-mail para eles, com a solicitação ou dúvida. No caso de não compreender o idioma, já sabe que sempre poderá me mandar um recado nos comentários…

E antes que eu me esqueça: este ano, participarei de um evento super legal, que complementa esta grande festa: uma corrida entre os campos de tulipas próximos ao Keukenhof… ah, mas este é um assunto para outro post! Então, aguarde, porque mais novidades pintarão por aqui!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *