Na linda e pacata cidade de Lisse, terra do famoso parque Keukenhof,  aconteceu hoje a Hollen door de Bollen, um evento que conciliou caminhadas e corridas entre as lindas plantações de tulipas e narcisos da região.

O dia estava maravilhoso: lindo, ensolarado e sem vento. Sim, estava friozinho, mas estamos na Holanda, certo? Então, temperaturas em torno dos 12 graus na hora do evento foram aplaudidas! As atividades começaram com a caminhada de 10 quilômetros, seguida de outras opções até culminar com a corrida de 10 quilômetros, que ocorreu por volta de 12:15.

Foi uma grande festa. Muito democrática e bonita. Tudo estava bem organizado, graças à ajuda dos voluntários, que sempre fazem dos eventos esportivos uma grande confraternização.

A saída e a chegada ocorreram no complexo esportivo Sportpark Ter Specke. A princípio, eu havia pensado em ir de transporte público, parar no Keukenhof e andar até lá. Depois, pesquisei e vi que não era tão pertinho: ficava a cerca de 2 quilômetros de distância.

Resolvi dirigir, e foi a escolha certa. Havia estacionamento grátis e só o que era preciso fazer para utilizá-lo era imprimir um banner de participação no evento e colocá-lo no painel do carro. Tudo muito simples. ​

A localização exata do complexo esportivo:

Muito bem: dada a largada, é se preparar para percorrer um caminho bem florido e surpreendente. O que eu achei mais legal é que é “vida real”. O Keukenhof é lindo e inesquecível, mas é um parque temático preparado para encantar os visitantes.

Já no caso do percurso que fizemos, são as instalações dos agricultores, que trabalham o ano todo para prover o mercado gigantesco das flores, tanto na Holanda quanto no restante do mundo.

E é muito interessante constatar, ao longo do caminho, campos onde a colheita já foi feita e cujo solo está sendo preparado para o plantio de novos bulbos; ou campos cujas flores ainda não brotaram e outros cujas flores já estão prontas para serem colhidas. É fascinante acompanhar todo o processo…

Outra possibilidade que só uma caminhada como essa nos dá, é ver como esses agricultores conseguem conciliar o local de trabalho à sua própria moradia. Imagine, você trabalha o dia inteiro e no final da tarde, senta-se e contempla aquele jardim precioso que você mesmo(a) construiu…

E tem umas casas que parecem ter brotado de contos de fadas. Eu fiquei maravilhada!​

 Olha esta aqui, que encanto…

Outra coisa que achei um barato: ao longo do caminho, encontramos artistas que preferiram aproveitar o dia para criar suas obras de arte… Que relaxante!

Honestamente, eu não senti o tempo passar. Ainda mais porque encontrei amigas brasileiras que também vivem aqui e fomos tagarelando pelo caminho, parando aqui e ali para registrar o que víamos…

Foi uma experiência marcante e que vou querer repetir enquanto morar por aqui. Saldo do dia: muitos bons momentos, aromas deliciosos, uma profusão de cores e flores e duas tulipas de presente (com bulbo e tudo) para compor o meu jardim pessoal… O evento me custou €7,50, mas a lembrança que guardarei para sempre não tem preço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *